Neto e Deley declaram apoio a Irineu Nogueira em Itatiaia

0

ITATIAIA

O prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto (DEM) e o ex-deputado federal, Deley Oliveira (PTB) participaram da convenção que definiu, no último domingo, dia 1º, o nome do empresário Irineu Nogueira (PTB) como pré-candidato a prefeito na eleição suplementar marcada para o próximo dia 12 de setembro.  A coligação “Por uma Itatiaia Independente”, composta pelo PTB, PSDB, DEM e PMB, tem como vice o tucano Denilson Sampaio, ex-secretário de Desenvolvimento do município da região das Agulhas Negras. Neto e Deley aproveitaram para declarar apoio aos pré-candidatos.

Neto abriu os pronunciamentos destacando que o município, com uma arrecadação de aproximadamente R$ 350 milhões para uma população de 32 mil habitantes é proporcionalmente maior que a de Volta Redonda, que tem quase 300 mil habitantes e um receita anual em torno de R$ 800 milhões. “Agora vocês imaginem Itatiaia sendo governada por uma pessoa honesta e competente como é o Irineu”, justificou o prefeito da Cidade do Aço ao declarar apoio à candidatura de Irineu.

Deley lamentou que a cidade venha ocupando destaque nas páginas policiais nos últimos meses e lembrou que a honestidade dos prefeitos era um dos critérios utilizados por ele para o direcionamento de verbas de emendas parlamentares ao longo de seus quatro mandatos de deputado federal. “Eu sempre busquei as necessidades de cada município para apresentar emendas, mas quando a gente sabia que um município tinha um prefeito picareta, ficava mais difícil”, disse o ex-parlamentar.

Já Irineu Nogueira lembrou que há quase dois anos vem travando uma luta intensa com o atual grupo político que comanda o município. “Queremos uma Itatiaia para as famílias, para as crianças, jovens, idosos, onde as coisas vão funcionar, porque nosso município é milionário e tem tudo para dar certo. Nós vamos quebrar essa praga, essa maldição que está em Itatiaia, vamos cuidar das mulheres que querem trabalhar e não têm emprego, reativar o artesanato, de verdade”, declarou Irineu ao frisar que o município vive num ciclo vicioso nos últimos anos.

O pré-candidato a prefeito também criticou o que classificou de falta de comprometimento das últimas administrações municipais em relação a abertura de novos postos de trabalho no setor turístico de Itatiaia. “Eu emprego 60 pessoas, nós podemos empregar mais pessoas e tem gente prejudicando quem quer crescer na vida, porque eles não estão nem aí para o que está acontecendo, portanto essa é nossa chance única de mudar isso”, emendou. “Lutarei por vocês até o fim, com todas as minhas forças nesta guerra”, completou.

Ao reforçar compromissos com a população, tais como a saúde, o tratamento de água e esgoto, a qualificação profissional, Denilson afirmou que ele e Irineu resistiram a perseguições. Ele ainda disse que tentaram evitar a formação da aliança entre eles. “Aceitei ser vice do Irineu, porque eu acredito no coração dele e se ele está pensando em fazer o bem para Itatiaia, eu estou junto com ele. Vieram medalhões da política de Itatiaia, mas não aceitamos (acordo com eles), porque queremos mudança para quebrar este mal que Itatiaia tem vivido”, disse Denilson.

Ao se colocar à disposição de Itatiaia na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), o deputado estadual Noel de Carvalho (PSDB) disse que diversos investimentos em Itatiaia aconteceram na época em que a cidade ainda era distrito de Resende, como o Hospital Municipal, erguido pela iniciativa privada, e frisou que, de lá para cá, muito pouco foi realizado pelas administrações municipais, se considerado o volume da arrecadação de Itatiaia. Já o deputado federal Márcio Labre (PSL) defendeu a necessidade de Itatiaia aproveitar melhor seu potencial turístico para a abertura de novos postos de trabalho.