Nelson Gonçalves fala sobre experiência e trabalho para população de Volta Redonda e região

0

VOLTA REDONDA
A primeira semana de campanha eleitoral, o candidato a deputado estadual Nelson Gonçalves (PSD), enfatizou junto à comunidade a importância de recursos públicos aplicados para o bem da população e utilizado com responsabilidade.
O candidato listou prioridades que defende para Volta Redonda e Região Sul Fluminense, como construção de um Restaurante Popular para o Retiro, salários justos para profissionais da Educação e investimentos pesados em saúde pública, com mais leitos e agilidade em exames médicos. – Quem me conhece sabe da seriedade do meu trabalho e da minha família, por isso, venho mais uma vez como candidato da Educação, da Saúde, do Desenvolvimento, do Lazer, da Cultura, tudo com projetos e recursos públicos utilizados para o bem estar da população – ressaltou o candidato.
MELHORIAS NA MOBILIDADE URBANA
Nelson Gonçalves também defendeu melhorias na mobilidade urbana com investimentos em ciclovias, transporte público – ônibus conservados, com horários ampliados, evitando o lotação máxima (principalmente nos horários de pico). O candidato ressaltou que esses projetos contribuem ainda para melhorias na qualidade do ar, outro item que ganha destaque entre as propostas de Nelson Gonçalves. – Defendo a criação da Comissão para Controle Permanente do ar, em Volta Redonda, bem como ações de preservação das nascentes, reflorestamento e proteção ao Rio Paraíba do Sul, que é responsável pelo abastecimento de água de três estados do país, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais – completou.
ALGUMAS REALIZAÇÕES
Nelson Gonçalves listou conquistas que trouxe para região quando foi deputado estadual, como a reforma de colégios da rede estadual, entre eles, o Presidente Roosevelt, no Conforto; Colégio Brasília, na Vila Brasília, Colégio Estadual Dr. Guilherme Milward – em Valença, entre outros.
O candidato conquistou ainda para a região, a implantação da Escola da Faetec, implantação de cursos técnicos gratuitos, além de investimentos em equipamentos para unidades de ensino.