Negociações de acordo sobre PPR da CSN permanecem indefinidas

0

VOLTA REDONDA

Terminou sem nenhum avanço a reunião de negociação entre a diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos e representantes da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) sobre o pagamento do Programa de participação nos Resultados (PPR).

O boletim divulgado pelo sindicato afirma que apesar da indefinição, a empresa manteve o compromisso de não fazer dispensas em massa até o fim da negociação. No documento, a CSN afirma que até amanhã terá a definição de uma proposta quanto ao PPR/abono.

De acordo com o presidente do Sindicato, Silvio Campos, a Companhia insiste em negociar uma proposta que contenha várias outras medidas para tratar do momento atual que os trabalhadores brasileiros vêm enfrentando.

O sindicato afirma ainda que a direção do sindicato se negou a discutir qualquer outra medida antes de ficar definido o pagamento do PPR. “A CSN manteve, mais uma vez, a tradição de ser a empresa mais lenta nas negociações. E, dessa vez, parece bater o recorde, marcando reunião sem definir o principal. Estamos segurando a insatisfação dos trabalhadores para que haja uma negociação que, pelo menos, não aumente o estrago, uma vez que prejuízo já causou. O sindicato sempre se mantém disponível para negociar e espera da empresa mais responsabilidade na negociação. Afinal, são milhares de funcionários na expectativa desse pagamento, que é um direito garantido por Lei”, conclui.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !