Moradores de distritos afetados por cobrança de pedágio fazem manifesto na BR-393

0

BARRA DO PIRAÍ

Às 10h30min deste sábado, 14, moradores se concentraram no Km 268, trevo de Dorândia, para um manifesto contra recente decisão da Justiça que determinou retomada do pagamento de pedágio para quem mora nos distritos de Dorândia, Califórnia, Vargem Alegre e São José do Turvo.  A tarifa estava suspensa desde 2017. A medida afeta 700 moradores e foi tomada pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o manifesto foi tranquilo e terminou por volta das 11h45min.

A concentração ocorreu no trevo de Dorândia e às 11 horas os manifestantes, em aproximadamente 46 veículos, se deslocaram para a praça de pedágio, no Km 265. Fecharam a pista nos dois sentidos por quatro minutos.

DECISÃO DA JUSTIÇA

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região autorizou o restabelecimento da cobrança de pedágio. Não cabe recurso contra a decisão do TRF da 2ª Região. A implementação ocorreria a partir da zero hora de 1º de dezembro (domingo), mas foi transferida para o dia 10 pela concessionária que administra a BR-393, a Kinfra, para que houvesse mais tempo para as pessoas se prepararem.

Em sua decisão, o desembargador federal José Antônio Lisboa Neiva aponta que a suspensão da isenção não se configura uma violação do direito de ir e vir dos moradores de Barra do Piraí, pois existe via alternativa para uso. Já os moradores dizem que esse caminho alternativo é uma estrada que tem 7,5 quilômetros, mas não está em bom estado, é de terra.

error: Conteúdo protegido !