Moradora de Barra Mansa pede ajuda para comprar aparelho auditivo para a filha

0

BARRA MANSA

Ana Luísa Ribeiro Ferreira tem 13 anos, é barra-mansense e nasceu com perda auditiva. Aos três anos, a menina colocou o primeiro aparelho auditivo, conhecido como carretel, que a ajudou a escutar algumas coisas. Desde então os pais buscam aparelhos que possam ajudá-la a escutar melhor. Ana Luísa têm 60% da audição do ouvido direito e 40% do esquerdo. A família está realizando uma vaquinha online para conseguir comprar o aparelho da marca Phonak, modelo m70-312, que custa R$ 15 mil. Até o momento, 26 pessoas já contribuíram e o valor arrecadado chega a R$ 4 mil.

Vanessa Ribeiro Ferreira, de 38 anos, é mãe de Ana Luísa e contou que a vida da menina sempre foi cheia de desafios “Na época em que nasceu, não existia o famoso teste da orelhinha, então o diagnóstico de deficiência auditiva veio acompanhado de muita dor, primeiro por imaginar que seu filho é diferente dos outros, depois por não saber ainda a melhor forma de cuidar dele, além de pensar que ele pode ser rejeitado na escola, quando na verdade tudo o que você quer é estar no lugar dele para que ele não sofra em momento algum”, contou.

A compra do aparelho irá ajudar Ana Luísa a escutar melhor e a realizar atividades que hoje ainda não são possíveis. “Com o aparelho que ela usa atualmente, não consegue escutar se uma pessoa falar atrás dela ou se um carro estiver vindo, por exemplo. Já com esse aparelho, ela consegue ter essa percepção de 360º e escutar sons que está por trás dela”, disse.

CONTRIBUA

Há mais de dez anos, Ana Luísa utiliza aparelhos proporcionados pelo Centro Auditivo de Barra Mansa. Mas infelizmente o Sistema Único de Saúde (SUS), não disponibiliza o aparelho da marca Phonak, modelo m70-312, e a família não tem como arcar com o custo. Os interessados em contribuir com qualquer valor podem contribuir através do link: http://vaka.me/1799097.

error: Conteúdo protegido !