Mirandópolis vai ganhar núcleo de capoeira

0

QUATIS

A comunidade do Mirandópolis vai contar com mais um espaço esportivo. No bairro será aberto mais um núcleo do projeto Abadá-Capoeira na cidade. O novo núcleo será implantado na quadra poliesportiva. As inscrições para o projeto poderão ser feitas nesta sexta-feira, dia 21, a partir das 18h30min.

O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno de Souza (MDB) durante reunião com o secretário de Esportes e Lazer, Willian Vilela; e o instrutor de capoeira Luís Carlos Rocha, o mestrando Pretinho, em seu gabinete no Centro Administrativo, na quarta-feira, dia 19.

O projeto de capoeira da Abadá, uma instituição sem fins lucrativos, reconhecida pelo Ministério da Educação, já funciona em Quatis há cerca de um ano, no CIEP Municipalizado Mariana Machado De Elias, no bairro Nossa Senhora do Rosário, por meio de parceria com a prefeitura. Neste núcleo são atendidas mais de 200 pessoas, a grande maioria residente nos bairros situados acima da linha férrea. O polo do bairro Mirandópolis atenderá prioritariamente os moradores das comunidades localizadas na região central, entre elas, Jardim Pollastri, Bonmdawosky, Barrinha, Pilotos, Centro e o próprio bairro Mirandópolis.

No polo do bairro Mirandópolis, os interessados com mais de cinco anos de idade, mediante o acompanhamento e a autorização dos pais e responsáveis, no caso das crianças e a adolescentes. Após as inscrições nesta sexta-feira, a organização do projeto vai percorrer depois do carnaval as escolas da área central com o objetivo de divulgar a iniciativa e atrair o interesse das mais pessoas. “Depois do carnaval, estaremos buscando também novos alunos junto aos programas de inclusão social promovidos pela prefeitura em favor do segmento da terceira idade. Nossa intenção é agregar um número cada vez maior de pessoas para a capoeira, visto a importância desta manifestação cultural e de importância fundamental na formação cidadã de quem a pratica, para a preservação da saúde e para a integração social”, disse o secretário de Esportes e Lazer, Willian Vilela.

Praticante da capoeira há mais de 30 anos, o instrutor Luís Carlos Rocha, o mestrando Pretinho, diz que pretende trazer alunos do polo do CIEP de Quatis até a quadra do Mirandópolis. “A proposta é que os alunos do núcleo do CIEP venham a pé, até o Mirandópolis, praticando a capoeira, pelas ruas da cidade, no sentido de aumentar a visibilidade desta ação de inclusão social aos moradores do município. Vamos trabalhar para que o polo da quadra do Mirandópolis reúna pelo menos 200 pessoas. Pretendemos promover a integração entre os dois núcleos do projeto em Quatis, com os alunos do polo do Mirandópolis comparecendo ao dia das atividades do polo do bairro Nossa Senhora do Rosário, na quarta-feira, e vice-versa”, declarou o mestrando Pretinho.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !