Milionário em 3… 2… 1…

0

Oi, meu nome é Itaíse, tenho 32 anos e um patrimônio acumulado de uma vida financeira saudável, ausência de necessidade, realização pessoal e profissional, autoconfiança, e o mais importante, uma vida boa de ser vivida! Desculpa minha indiscrição, é que eu precisava chamar sua atenção para o que realmente importa.
Semana passada a internet parou pra ver uma propaganda que trazia uma linda menina, de 22 anos, que investia há três anos e começando com R$ 1.520, acumulou um patrimônio milionário. A partir daí convidava o espectador a clicar em um botão onde ela ensinaria sua estratégia vencedora para que fosse replicada e assim formar novos milionários.
Nem preciso dizer a quantidade de gente que tem o forte desejo de enriquecer da noite para o dia que foi atrás dessa empreitada. Se você, como eu, desde muito novo já tinha sonho de acordar rico sem esforço, trago novas verdades e vou responder algumas perguntas.
Primeira delas: É possível virar um milionário instantaneamente? Todo mundo sabe que SIM! Basta ganhar na loteria, receber uma boa herança/doação ou cavar um buraco no quintal de casa (desde que seja própria) e encontrar um diamante de 5 kg.
Segunda pergunta: O caso da Betina é real? Não a conheço, mas acredito que possa ser SIM! Eu também cliquei no botão, e, além disso, vi duas entrevistas onde ela contou como chegou lá. Esse pequeno valor foi o investimento inicial, mas não o único. Ela continuou fazendo aportes de toda a renda que ganhava nesse período, e investiu uma doação de R$ 35 mil, que ganhou do seu pai.
Talvez nem todo mundo consiga investir 100% da sua renda em três anos, não só por resistir ou não as tentações de consumo, mas por não ter a mesma estrutura que ela e precisar dedicar parte da sua renda para alimentação, moradia, etc.
Porém, isso não tira o mérito que obteve com sua disciplina e escolhas realizada. Outro fato que também chama atenção são as condições particulares da economia nesse período. Enfrentamos uma grande crise econômica recheada com uma inflação de quase 11%, uma taxa de juros de mais de 14%, o maior escândalo de corrupção do nosso país sendo deflagrado pela lava-jato e um impeachment, com isso, ações de empresas sólidas, com horizonte de mercado ainda a ser explorado, chegaram a suas menores cotações históricas gerando enormes oportunidades, a Petrobrás, por exemplo, chegou a custar R$ 4,80 em janeiro de 2016, e quem aplicou R$ 1.520, em Magazine Luíza no mês anterior, hoje teria R$ 274.391,66.
Com todos esses fatos expostos, fica a pergunta: É possível replicar o que aconteceu com a Betina? NÃO É! Não estou afirmando que é impossível ficar milionário em três anos, mas as condições que o mercado teve nos últimos anos, ele não terá novamente (espero que nem tão cedo veja algo parecido), porque o mercado muda todo dia e rentabilidade passada não garante rentabilidade futura. Pode ser que novas crises aconteçam, e que tenhamos novas oportunidades, mas as que passaram, passaram! Uma pesquisa Datafolha de 2017 mostrou que o Brasil é o país mais imediatista da América Latina, onde 65% da sua população não poupa dinheiro nenhum, isso atrapalha não só a construção do futuro com investimentos particulares, mas decisões importantes como insistir em defender políticas públicas que você se identifica almejando um crescimento do país. Quero convidar você a não ser a pessoa inocente que vive esperando o milagre do enriquecimento acontecer sem fazer esforço. Corra atrás, avalie as suas condições e identifique suas oportunidades. Não vai ser fácil, mas acredite, vai ter um gostinho de vitória bom demais.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !