Milicianos de Nova Iguaçu são presos em Rio Claro tentando expandir ‘negócios’

0

RIO CLARO

A Polícia Civil prendeu, na quinta-feira, dia 19, em Rio Claro, dois homens oriundos de Nova Iguaçu, que seriam integrantes de uma milícia. Os mandados de prisão são correspondentes por constituição de milícia, homicídio e extorsão qualificada. João Teixeira dos Passos, o Jota, e Ednílson Jesus da Silva, o Baiano, estavam fugindo da Justiça. O primeiro seria o chefe da organização, conhecida como ‘Milícia da Grama’ e o segundo, era segurança. Os dois viviam em Lídice e o objetivo, segundo as investigações da 58ª Delegacia de Polícia de Nova Iguaçu, era expandir os ‘negócios’ para o interior.

O grupo é conhecido pela crueldade nos crimes e por demonstrar desprezo aos órgãos públicos.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !