Membros da Comissão Especial se reúnem para analisar possível cobrança abusiva nos combustíveis em Barra Mansa

0

BARRA MANSA

Aconteceu nesta segunda-feira, 27, a reunião da Comissão Especial criada para analisar o aumento do valor dos combustíveis em Barra Mansa. O presidente é o vereador Gustavo Gomes (Republicanos). Marcell Castro (Cidadania) é o vice-presidente e Daniel Volpe Maciel (PP) é o membro. Entram como apoios os vereadores Pissula (PV) e Cristina Magno (PP).

A comissão, segundo o presidente e autor do projeto de resolução, Gustavo Gomes, foi criada para reunir materiais para verificar o porquê do preço dos combustíveis estarem mais altos do que em cidades da região. “Os preços da gasolina, por exemplo em Barra Mansa, estão entre R$ 6,60 e R$ 7,10 o litro. O preço aqui está sendo o maior da região e acima da média nacional. Municípios como Resende praticam preços que chegam a mais de 10% de diferença, sendo os de lá mais baratos. Se tiver algum abuso o Procon, que participará de algumas ações conosco, emitirá notificações”, disse o vereador.

A vigência da comissão será de 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período. Gustavo citou que a prorrogação deve ser solicitada.

Foi tratado na reunião sobre os próximos passos da comissão que será emitir convite aos donos de postos de combustíveis para uma conversa. Além disso, os membros farão visitas internas nos postos e solicitarão as notas fiscais de compras dos combustíveis que sofreram, segundo Gustavo, um aumento abusivo. “O nosso papel como vereador é fiscalizar o que acontece na cidade e essa é mais uma ação nesse sentido. Nós sentimos no bolso ao abastecer, a população sente. Esse aumento no valor dos combustíveis acaba gerando efeito cascata, outros aumentos, como no frete de coisas que compramos, no carro de aplicativo que usamos, nos táxis, no preço das passagens dos ônibus. A população não aguenta mais tanto aumento. Precisamos lutar pelos direitos das pessoas”, afirmou o presidente da comissão.

Após todo o trabalho, o resultado deverá ser apresentado em plenário.

error: Conteúdo protegido !