Médico do Pré-Vestibular do MEP de Volta Redonda  faz recomendações para o dia do ENEM

0

VOLTA REDONDA

Os professores do Pré-vestibular Cidadão do MEP, nos últimos dias, têm feito contato permanente com cerca de 30 alunos inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), tendo em vista a situação de insegurança que ronda todo o processo. As provas ocorrerão neste domingo, dia 17, 24 e 31 de janeiro e 7 de fevereiro. O médico pediatra e professor de biologia no MEP, desde 2001, Miguel Tepedino Neto, dá algumas orientações práticas para os estudantes evitar contágios com o novo coronavirús (Covid-19).

O médico destacou que muitos são os cuidados que os estudantes devem ter, mas ele enumerou os mais importantes, como manter-se bem hidratado, ingerir bastante líquido, principalmente suco de frutas natural, em especial no dia anterior, dormir cedo, pois noite mal dormida reduz a imunidade, estar no local da prova no horário estipulado pelos organizadores e evitar aglomerações nas entradas dos locais de provas, lembrar que ansiedade em excesso também produz queda na imunidade, usar máscara adequada e se ela ficar úmida deve ser trocada de 3 em 3 horas, por isso, levar algumas reservas, descartando a usada em um saco plástico, só manusear a máscara pelo elástico e evitar tocar na região do nariz e dos olhos.

O médico lembra ainda que boca e nariz devem estar sempre cobertos e que os estudantes levem pra o local da prova frasquinho transparente de álcool em gel para ser usado, também, antes da troca das máscaras, certifique-se da distância de 1,5 metro de outras pessoas na sala, levar canetas de casa e se pegar emprestada deve ser esterilizada com álcool 70%, após o término da prova higienizar as mãos com álcool em gel, ao chegar em casa, depois da prova, trocar a roupa  e tomar banho antes do contato com familiares  e amigos e por fim a roupa utilizada deve ser colocada em saco plástico e encaminhada para lavagem.“Tomando todos os cuidados preconizados, você estará minimizando o risco de adquirir e transmitir a Covid. Desejo-lhes uma excelente prova. Abraços fraterno a todos”, disse o médico no final de suas recomendações.

A direção do MEP, por sua vez solicita que, no dia das provas, seria importante que o setor sanitário, a administração pública relacionada à  saúde publica e a segurança orientem também os estudantes, pois certamente a cidade que vai ficar com a responsabilidade de gerir essa “crise”  de aglomeração autorizada.