Márcia Cury desiste de pré-candidatura a prefeita de Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

O anúncio da pré-candidatura de Márcia Cury a prefeita aconteceu no dia 15 de junho e na noite desta quinta-feira, dia 9, o deputado federal Antonio Furtado (PSL), realizou uma live, com a presença dela, para anunciar a retirada da pré-candidatura. Segundo eles, o adiamento das eleições municipais para novembro deu mais segurança para os pré-candidatos e partidos tomarem decisões. Segundo Furtado, o partido pensará em outro nome para anunciar ou então uma legenda para compor.
“Tenho um carinho muito grande por Volta Redonda. Há dez anos, quando assumi como delegado titular da 93ª DP, começou a minha história de cuidado e dedicação aos volta-redondenses. Agradecemos o empenho da Márcia, lamentamos sua decisão, mas a respeitamos. Entendo que, mesmo preparada para o cargo, possui obrigações pessoais que a impediriam de ter uma dedicação integral para os assuntos que envolvem a administração pública e as pessoas de Volta Redonda”, anunciou o parlamentar.
Márcia reafirmou sua preocupação com a saúde, as causas sociais e as pessoas, frisando que continuará se dedicando a cidade. “Os últimos dias foram de extrema reflexão, onde revi decisões, planejamentos,  prioridades, e acabei decidindo retirar minha pré-candidatura a prefeita de Volta Redonda. Foi uma decisão difícil, porém, necessária. O próximo prefeito ou prefeita terá que se dedicar ao futuro da cidade com exclusividade e tempo integral. Apesar de me sentir preparada para o cargo, não terei a dedicação em tempo integral necessária”, explicou Márcia.
Sobre quem ocupará o lugar de Márcia, Furtado disse que estão avaliando as necessidades do município e buscarão outro nome do PSL, ou então apoiarão outro partido. “Só um valor é inegociável: o bem-estar e a qualidade de vida dos volta-redondenses! Nosso projeto para termos uma Volta Redonda melhor continua”, concluiu.

 

error: Conteúdo protegido !