Mais de seis toneladas de maconha, que abasteceria o Complexo da Maré, são apreendidas, em Piraí  

0

PIRAÍ

Uma ação conjunta de combate ao tráfico de drogas entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil do Rio de Janeiro, com ajuda de cães farejadores da PRF, resultou na apreensão de mais de seis toneladas de maconha, 6.082 kg. O flagrante ocorreu no final da tarde de quinta-feira, 2, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Piraí. A droga, segundo os agentes envolvidos na operação, avaliada em cerca de R$ 5 milhões abasteceria o Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio.

Por volta das 17 horas, equipes da PRF e da CORE da Polícia Civil abordaram a carreta. Ainda de acordo com os agentes, cães farejadores da PRF deram sinal de que havia algo errado sendo transportado no veículo. Na sequência, os policiais perceberam que o veículo carregava uma grande quantidade de maconha. A droga foi encontrada embaixo de pallets de madeira.

Ao ser indagado sobre o material, o motorista teria confessado que pegou a droga em Dourados, no Mato Grosso do Sul, e que levava para a capital fluminense. Uma caminhonete que apoiava a ação criminosa também foi abordada, com três ocupantes, todos com antecedentes criminais. O tio de um dos suspeitos já havia sido flagrado também pela PRF com R$ 700 mil em dinheiro escondidos no pneu estepe de um automóvel, em Barra Mansa, no ano passado. Ele encontra-se preso pelo crime de tráfico de entorpecentes.

Outros dois homens também foram presos. A dupla aguardava a chegada do carregamento, próximo à Avenida Brasil, no Rio. Eles levariam a carreta até a comunidade da Nova Holanda, em Bonsucesso, no Complexo da Maré. Todos os presos foram indiciados por tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico. A ocorrência foi encaminhada para a sede da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), na Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte do Rio.

 

error: Conteúdo protegido !