Mais de 6 mil atendimentos foram realizados no Centro de Diagnóstico e Tratamento de Porto Real neste ano

0

PORTO  REAL

A Secretaria Municipal de Saúde, de Porto Real, através do Centro de Diagnóstico e Tratamento Henrique Sabadini Filho (CDT), realizou no período de 2 de janeiro até 31 de maio deste ano, mais de 6 mil atendimentos. Entre eles estão: 450 ecocardiogramas transtorácicos; 1784 ultrassonografias e 3015 consultas. Os demais atendimentos, que envolvem administração de medicamentos; aferição de pressão arterial; avaliação antropométrica; eletrocardiograma; glicemia capilar e outros serviços completam o número mencionado.

A coordenadora do CDT, Verônica Helena M. O. Silva, falou sobre as dez especialidades que são atendidas na unidade de saúde. “Temos quatro cardiologistas para realização de consultas e exames, sendo uma cardiopediatra; um neurocirurgião; uma cirurgiã plástica; um ginecologista, que atende gestantes de baixo risco; três ortopedistas; três ultrassonografistas; dois dermatologistas; um cirurgião geral; dois cirurgiões vasculares; uma cirurgiã pediátrica e um médico que atua especialmente na medicina da dor.  Além disso, no CDT, funciona o Programa IST Aids e Hepatites Virais”, disse ela, que ainda enumerou as consultas.

“Temos uma média de 422 atendimentos médicos por semana. Os pacientes vêm encaminhados das Unidades de Saúde da Família. Os encaminhados pelo Hospital Municipal, vêm em situações de emergência. Além disso, a cirurgiã plástica atende cerca de 24 pacientes por mês”, ressaltou a coordenadora.

“Estamos trabalhando para melhorar ainda mais o atendimento à população. O CDT é uma parte muito importante do complexo de saúde que envolve o Hospital e Laboratório Municipal. Graças aos serviços realizados conseguimos prestar uma ampla assistência médica especializada, amenizando os deslocamentos para outros centros de referência”, finalizou o prefeito Alexandre Serfiotis.

Deixe um Comentário