Magé celebra o Dia Mundial de proteção aos manguezais

0
MAGÉ     

26 de julho é celebrado o Dia Mundial de Proteção aos Manguezais e para marcar a data, a Prefeitura de Magé realizou um ato de conscientização onde anunciou melhorias para o local mais simbólico da cidade: o Parque Natural Municipal Barão de Mauá (PNMBM), área que há 20 anos se recupera do grave acidente ambiental com derramamento de óleo no ano 2000, que agora receberá investimentos como a construção de uma sede e nova passarela principal.

“Nós ficamos felizes em saber que a maior unidade de recuperação de manguezais de toda América do Sul fica em Magé e por isso também vamos investir no Parque fazendo a revitalização e construindo uma passarela. Vamos trazer os alunos da rede municipal de ensino para terem aulas ligadas ao meio ambiente e fazer com que esse lugar também se torne um ponto turístico”, detalhou o prefeito Renato Cozzolino, ao apresentar os planos para o Parque.

Criado em 2012 pela Prefeitura, o Parque Natural Municipal Barão de Mauá é uma importante Unidade de Conservação de Proteção Integral na área de manguezal. Ele preserva um importante remanescente de ecossistema de mangue no bioma da Mata Atlântica, um dos mais ameaçados e degradados do planeta, restando hoje apenas 12,5% da sua cobertura original de acordo com estudos realizados pela SOS Mata Atlântica e Instituto de Pesquisa Espaciais (INPE).

“A conservação desse manguezal numa área de quase 15 mil m²  é muito importante e seguiremos nessa tratativa de conservar, melhorar e fazer também desse parque um campo de estudos em parceria a UFRJ, UERJ e outras instituições. Já temos muitos pesquisadores interessados e estamos vestindo a camisa para tornar essa unidade de conservação com um diferencial que poucos municípios do país terão”, ressalta o secretário de Meio Ambiente de Magé, Silvio Furtado.

O evento de conscientização que aconteceu no Parque também reuniu instituições voltadas à preservação, associações e autoridades, uma delas foi o senador da República, Carlos Portinho, um amante do Meio Ambiente, que prometeu ajudar não só Magé, mas diversos municípios da Baixada com projetos como o do PNMBM.

“É incrível poder estar dentro de um manguezal à beira da Baía de Guanabara e com essa vista linda para o Rio de Janeiro. O mangue tem uma riqueza ambiental que purifica e renasce, sendo viveiro de caranguejos e outros animais. Tenho rodado todo o Estado, principalmente na Baixada, para buscar os projetos das Secretarias de Meio Ambiente para que a gente possa enviar demandas impositivas e contribuir com a política pública de cada município”, garante o senador.

O PNMBM fica no 5º distrito (Guia de Pacobaíba) de Magé, na divisa com o município de Duque de Caxias, tendo como limites a Área de Proteção Ambiental (APA) da Estrela, o espelho d’água da Baía de Guanabara e as áreas de terra firme e urbanas.

error: Conteúdo protegido !