Mãe de bebê que teve perna amputada por suposto erro médico vai processar Hospital Regional

0

Na madrugada de terça-feira, 13, Brian Rodrigues Santos de Lima, de um ano, teve a perna direita amputada. A cirurgia aconteceu no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para onde o menino foi transferido do Hospital Regional do Médio Paraíba Dra. Zilda Arns Neumann.
A mãe do menino, a dona de casa, Samantha Lima Rodrigues, de 25 anos, garante que a família vai processar o Hospital Regional por erro médico. Segundo ela, o menino deu entrada na unidade hospitalar para tratar de uma pneumonia e perde a perna. Segundo ela, após a cirurgia para amputação da perninha, o bebê, que permaneceu no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital de Duque de Caxias, está se recuperando. “A cirurgia durou uma hora e meia. Foi tenso. Agora aguardar a recuperação dele, mas pretendemos entrar na Justiça. Os nossos sonhos foram interrompidos por um grande erro”, destacou a mulher.
Samantha ressaltou ainda que está vendo que os médicos de Duque de Caxias estão fazendo de tudo para salvar meu filho. “Estão se empenhando muito e fazendo o que podem. Dá para ver”, informou a dona de casa, que mora em Jacarepaguá. Ela disse ainda que o filho só foi transferido para o Hospital Regional de Volta Redonda, há três meses, porque no Hospital São Lourenço, na Barra da Tijuca, no Rio, onde ele ficou um dia apenas por causa da pneumonia por falta de CTI. No Regional, segundo ela, um procedimento médico errado fez o filho dela, perder uma perna. A Secretaria Estadual de Saúde garantiu que vai investigar o caso.