Liminar concedida à Viação Sul Fluminense suspende decreto do prefeito Samuca Silva

0

VOLTA REDONDA

O juiz da 4ª Vara Cível do município, Roberto Henrique dos Reis, concedeu, nesta quarta-feira, dia 15, liminar que suspende decreto do prefeito Samuca Silva cassando linhas da Viação Sul Fluminense. O decreto foi assinado pelo Chefe do Executivo no último dia 10. Na noite de terça-feira, 14, depois que centenas de rodoviários lotaram o plenário do Legislativo, os vereadores assinaram um requerimento solicitando ao prefeito mais 90 dias para que a empresa corrija as falhas nos serviços oferecidos nas linhas de sua responsabilidade.

Vale lembrar que a Sul Fluminense, há anos, é responsável por 31 linhas em Volta Redonda, mas devido às inúmeras reclamações recebidas pela Prefeitura de Volta Redonda, o prefeito decidiu retirar as linhas. De acordo com o decreto, na terça-feira as primeiras dez linhas seriam entregues as outras três empresas. Temendo perderem o emprego e não receberem os direitos trabalhistas, os funcionários da empresa, entre motoristas, cobradores, e outros realizaram dois manifestos, um na segunda-feira e o outro na terça. Eles buscaram o apoio dos vereadores e conseguiram. Enquanto isso, a empresa aguardava o resultado da liminar que suspendeu o decreto do prefeito.

Também na terça-feira, o prefeito Samuca Silva havia reafirmado o decreto e determinado que o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Barra Mansa e Volta Redonda (SindPass) apresentasse um estudo detalhado para operar as linhas da Sul Fluminense. Até a apresentação do estudo, a empresa continua operando as linhas. Conforme a decisão judicial, o juiz Roberto Henrique dos Reis detalha que a Sul Fluminense não foi ouvida no referido processo administrativo e a perda das linhas importará em evidente prejuízo.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !