Laboratório Municipal de Barra Mansa é furtado e tem dia de exames cancelado

0

BARRA MANSA

A Polícia Civil da 90ª Delegacia de Barra Mansa está investigando um furto ocorrido no Laboratório Municipal, no bairro Ano Bom, ocorrido na madrugada de hoje, na Rua Tenente José Eduardo. Ninguém havia sido preso até o fechamento desta edição.

O A VOZ DA CIDADE esteve no local e conversou com um assessor da Prefeitura de Barra Mansa, que explicou que o furto foi descoberto ontem, por volta das 6 horas, pela primeira funcionária que chegou ao local. “Ela logo na entrada viu um monitor aqui na rampa, jogado no chão, próximo a entrada e já achou estranho o fato. Depois, quando entrou, observou alguns sinais de vandalismo e comunicou a coordenação do laboratório, que de imediato, chamou uma equipe da Guarda Municipal”, informou o assessor.

Ainda segundo informações, foram levados do local três monitores, um computador completo e um roteador. “O criminoso entrou por um basculante do laboratório. Depois, fez um rombo em uma divisória de madeira e invadiu uma das salas, onde revirou algumas gavetas e revirou alguns papéis”, completou.

Pela manhã, uma equipe da Polícia Civil esteve no local junto aos funcionários realizando uma perícia, onde será avaliado se mais algum bem foi levado.

Pela manhã, muitas pessoas também chegaram ao laboratório, sendo surpreendidas ao encontrar as portas fechadas, pois o dia de exames foi cancelado. “Não sabia do furto. Fico chateada de ter vindo aqui a toa, mas não tem problema. Amanhã (hoje) retorno”, disse uma moradora de Saudade, que preferiu não se identificar.

O A VOZ DA CIDADE apurou ainda que o local, cujos exames são realizados pelo Humanize Lab, recebe cerca de 150 pessoas por dia, com um total de três mil exames no mês. Seu funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8 às 5 horas e será normalizado hoje.

“Serão analisadas as câmeras de segurança e algumas imagens já foram anexadas ao registro de ocorrência, na delegacia. Já foi possível ver um homem andando pelo local, encapuzado, mas ainda não sabemos se tinham outras pessoas dando cobertura”, informou o representante da prefeitura.