Justiça nega pedido de reabertura de templos religiosos e academias em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

A Justiça negou o pedido de reabertura de templos religiosos e academias em Volta Redonda. A decisão foi do juiz da 6ª Vara Cível, André Aiex, publicada na noite de segunda-feira, dia 29. O prefeito Samuca Silva afirmou que o município ainda não foi notificado e iria consultar o procurador geral do município, Augusto Nogueira.

Na decisão, o juiz justifica que por causa dos noticiários e informações dadas pelo próprio prefeito Samuca Silva, sobre o fechamento da cidade por sete dias e aumento dos casos de Covid-19 em Volta Redonda, a decisão foi tomada. É destacado ainda que o Hospital Regional não está mais recebendo pacientes com Covid-19 por falta de pagamento do governo do estado.

Aiex impede ainda que o Centro Universitário de Volta Redonda (UniFOA), retome aulas presenciais para cursos da área de saúde.

error: Conteúdo protegido !