Justiça Eleitoral promove audiência pública para tratar sobre baixo comparecimento no cadastro biométrico

0

RIO CLARO

Aconteceu na Câmara de Vereadores, na noite de quarta-feira, 6, uma audiência pública promovida pela Justiça Eleitoral para discutir o baixo comparecimento de eleitores para o cadastramento biométrico na cidade. O encontro foi realizado pela 108º Zona Eleitoral, através do juiz Thiago Gondim de Almeida Oliveira. Estiveram presentes o prefeito José Osmar, o vice-prefeito Babton Biondi, vereadores e representantes da comunidade. Em Rio Claro, apenas 58% dos eleitores fizeram a revisão eleitoral e o prazo termina no dia 1º de dezembro.

Segundo o juiz eleitoral, a meta é chegar em Rio Claro nos 85% dos eleitores cadastrados. “Infelizmente só temos 24 dias para isso e por conta do prazo apertado vamos ampliar o atendimento, inclusive aos sábados, domingos e feriados”, destacou Thiago Gondim.

O juiz destacou ainda que quem não comparecer ao Fórum para o cadastro poderá, dentre outras consequências, ter o título cancelado, assim como benefícios sociais, não estará quite com a Justiça eleitoral, o que poderá ser um obstáculo a posse em cargo público, emissão de passaporte e renovação de matrícula em instituições públicas de ensino.  “Gostaria de pedir à população que se mobilizasse, se envolvesse e se informasse, inclusive na cessão de transporte para que o eleitor que reside distante da sede possa se locomover e cumprir com o seu dever e que a gente atinja o percentual estipulado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que é de 85%”, argumentou o juiz.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !