Justiça determina apuração em local público da eleição do SFPMVR

0

VOLTA REDONDA

Por determinação do Ministério Público do Trabalho (MPT), a Comissão Eleitoral do Sindicato dos Funcionários Públicos do Município (SFPMVR), realizará a apuração dos votos da eleição para a escolha da nova diretoria da entidade sindical em local público. A Comissão está responsável pela apuração dos votos da votação, que será realizada nesta terça-feira, dia 4, tendo três chapas concorrentes: a Chapa 1 é encabeçada pelo atual presidente do SFPMVR, Ataíde de Oliveira, a Chapa 2 pelo servidor Ronaldo Rodrigues e a Chapa 3, por Luiz Fernando Pereira.

A votação vai ser realizada das 8 às 18 horas, sendo que todos os sindicalizados poderão votar. As urnas ficarão na sede do Sindicato, prefeitura, Guarda Municipal, Fundação Beatriz Gama (FBG), Hospital São João Batista (HSJB), sede do Saae Aterrado, Saae Belmonte, Saae Bela Vista, Garagem da Prefeitura e Secretaria Municipal de Infraestrutura.

A determinação do MPT foi enviada à comissão por meio de correspondência e, caso as requisições não sejam cumpridas, o presidente da comissão eleitoral, Eduardo Laspeck, responderá judicialmente. O comando da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) também foi acionado e deverá disponibilizar uma viatura e dois GMs para o local da apuração até a conclusão da contagem dos votos.

ELEIÇÃO CANCELADA

A eleição que aconteceu no dia 15 de abril foi cancelada. Já na preparação da apuração, na sede do Sindicato, no Aterrado. Na ocasião, vários erros graves foram identificados. Por isso, após reunião entre a Comissão Eleitoral e os representantes das três chapas concorrentes houve o consenso em remarcar a votação. Não houve inscrição de novas chapas.

No pleito de abril, a Comissão Eleitoral, juntamente com os representantes das três chapas concorrentes identificaram que as mesas 2 e 5 estavam sem a lista de votantes, as mesas 4 e 9 tinham páginas faltando a listagem de votantes e a urna 9 se encontrava aberta, sem o lacre de segurança. Além disso, foi identificado que dos 725 votos coletados, 389 deles estavam nas urnas identificadas com problemas e 336 nas demais.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !