Jovem tira a vida supostamente após matar mãe e padrasto

0

TRÊS RIOS

Um homem, de 32 anos, principal suspeito de matar mãe e padrasto esta semana em Três Rios, teria tirado a própria vida após o crime. Seu corpo foi encontrado na terça-feira, dia 12, em Cambuci, em uma área rural do noroeste fluminense.

Segundo informações, ele teria escrito na terra, ao lado de onde o cadáver foi encontrado, que sua avó, de 92 anos ‘não viu nada’. Ela, que tem Alzheimer, estava no local do crime, onde foram encontrados na terça os corpos de Saide Vogas, de 69 anos, e de Maria Amélia Daflon Vogas, de 64 anos. A senhora (a avó) precisou ser hospitalizada.

Em registro na 108ª Delegacia de Polícia (DP) de Três Rios, foi relatado que a Polícia Civil esteve no bairro Monte Castelo após informação de que Saide não abria seu bar desde sábado, dia 7. A casa não tinha sinal de arrombamento e a polícia acredita que eles tenham sido mortos há pelo menos três dias.

Ele foi encontrado com uma pancada na cabeça e ela com marcas de asfixia.

O caso continua sendo investigado e segundo a Polícia Civil, o suspeito morava com a mãe e o padrasto e foi visto entrando e saindo do imóvel – após apuração feita na câmera de segurança da residência.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !