Jordão diz que medidas duras possibilitaram retomadas de investimentos

0

Angra dos Reis

A série dos 600 dias de governo chega hoje a Angra dos Reis. O prefeito Fernando Jordão assumiu a prefeitura em 1º de janeiro de 2017, com uma dívida de mais de R$ 500 milhões deixados pelo governo anterior. A prefeitura estava funcionando em meio período e os servidores públicos acumulavam três meses de salários atrasados, mais o 13º salário. Já nos primeiros dias de mandato, o prefeito tomou medidas duras a fim de ordenar as finanças do município e dar fôlego para investimentos na saúde, educação e demais áreas. Houve corte de mais de 800 cargos em comissão e suspensão do Programa Passageiro Cidadão, que acumulava dívidas superiores a R$ 9 milhões, dentre outras medidas. A prefeitura voltou a funcionar em horário integral.

Apesar de diversas dívidas, o prefeito informou que conseguiu fazer o parcelamento de todas. Diversos investimentos nesse período foram realizadas. Na saúde destaca-se a inauguração da UPA Infantil Agda Maria, no bairro Japuíba, em maio de 2017. Desde então foram mais de 78.800 crianças atendidas.  Na Fundação Hospital Geral da Japuíba (HGJ) diversas ações estão sendo implementadas, inclusive uma reforma geral na unidade que estava em estado muito precário, incluindo os seus mais de 70 banheiros. Além da reforma, foram diversas ações implementadas na unidade, como mutirão de hérnia, de exames de imagem, de cirurgia de cataratas, dentre outros.

A prefeitura ainda regularizou os medicamentos nas farmácias, insumos e exames laboratoriais, retornou com o programa Equoterapia no Vale da Banqueta, disponibilizou cadeiras de rodas para reabilitação de pacientes,  reformou unidade de saúde de Jacuecanga, dentre outras ações. De janeiro a julho deste ano, o Centro de Imagem do HGJ realizou 2.939 Tomografias, 18.425 Raios-X, 1.738 Ultrassonografias, 199 Doppler e 382 Ecocardiograma.

Segurança Pública

Apesar de não ser competência do Executivo municipal, o Prefeito Fernando Jordão promoveu diversas ações para colaborar com o combate à violência no município: criação da Superintendência de Segurança Pública; adesão ao Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), com a abertura de 22 vagas (hoje são 46 vagas); transformação do Centro de Informações Turísticas da Serra D’Água em DPO, com a ajuda de comerciantes; implantação do Disque-Denúncia Angra; aquisição de 20 viaturas para Polícia Militar; início de ronda escolar em 21 unidades da rede municipal, e outras.

Saae

Foram ainda elencadas ações realizadas pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae): limpeza das barragens da Lambicada e da Caputera;  Aperfeiçoamento das redes de esgoto do Parque das Palmeiras e do Balneário; Reparos na rede de abastecimento do Village; Inauguração do Laboratório de Análise de Água no Centro de Estudos Ambientais; Novo sistema de filtragem e revitalização da barragem da Vila Histórica; Novo sistema de Bombeamento de Água para a região do Bracuí; inaugurações de elevatórias de água para alguns bairros.

Obras

Ao longo desses 600 dias foram diversas obras realizadas, como de contenção e desobstrução da Estrada do Contorno, na altura do Bonfim; Recapeamento de 36 ruas no Parque Mambucaba; reabertura do Centro de Estudos Ambientais, que estava fechado há cerca de quatro ano;  Reparos no túnel da RJ-55, em parceria com a Eletronuclear; Recapeamento de 23 ruas no Campo Belo; reformas de unidade de saúde mista da Jacuecanga; reforma do Cras da Monsuaba, Campo Belo e Bracuí; diversas outras reformas de quadras, órgãos públicos e escolas.

Cultura

Importantes leis foram aprovadas em favor da cultura de Angra dos Reis: Fundo Municipal de Cultura, Conselho Municipal de Política de Cultura e Sistema Municipal de Cultura. A regularização do Fundo já foi aprovada pelo Conselho, vai ser encaminhada para Procuradoria para elaboração do parecer e publicação do Decreto. Há ainda inúmeras atividades mantidas pela Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio do município:

Esporte e Lazer 

A Secretaria de Esporte e Lazer mantém 28 polos esportivos em diversas comunidades. Neles são oferecidas 10 modalidades esportivas (ginástica localizada, treinamento funcional, aerobox, zumba, canoagem, natação, hidroginástica, stand up, vôlei, futebol/futsal).

Ação comunitária

Na ação social são diversos os projetos executados, como Bolsa Família, Abordagem Social, Casa Abrigo da Criança e do Adolescente, Casamento Comunitário, Centro de Atenção à População de Rua, Gol Social, Grupos da Terceira Idade, Pertinho de Você, Programa Criança Feliz, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, Programa Segundo Tempo no Esporte, Projeto Bombeiro Mirim, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, e outros.

Ações diversas

A prefeitura enumerou diversas outras ações realizadas, como entrega de escrituras Condomínios Morada do Bracuí (138) e Morada do Areal (26), em dezembro de 2017;  entrega dos 1.260 apartamentos do Condomínio Habitacional Vale da Banqueta, do Programa Habitacional Minha Casa Casa Minha Vida; Lançamento do Alvará Online e da Lei Geral da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte; promulgação da Lei que garante passagem gratuita para deficientes e acompanhantes.

Além disso, a Fundação de Turismo de Angra dos Reis, TurisAngra, está trabalhando na elaboração da Lei de Ordenamento da cidade. A autarquia ainda está formalizando um convênio com a Capitania dos Portos para uma maior fiscalização no mar. A fundação ainda implementou o Projeto Nado Livre (que utiliza uma barreira de boias para proteger os banhistas de pequenas embarcações que, em algumas ocasiões, navegam próximos a faixa de areia) nas seguintes localidades: Lagoa Verde e Lagoa Azul (Ilha Grande), Praia Grande e Praia do Bonfim (continente), Ilhas Botinas, Ilha Cataguás, na baía de Angra dos Reis.

Foi feita ainda parceria com a Estácio para implementação do Curso de Medicina, no último ano, e o de Direito, que está para abrir inscrições.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !