Jari fala de seus projetos de lei aprovados pela CMVR

1

VOLTA REDONDA

Durante encontro que contou com a participação de cerca de 200 pessoas, no último final de semana, o vereador Jari de Oliveira (PSB) falou sobre suas principais ações no Legislativo, como as novas leis da Tribuna Livre, que dá voz aos cidadãos durante as sessões da Casa, e da proibição do uso do cerol na cidade. Ele explicou que garantir a participação popular nas ações da Câmara de Vereadores é o principal objetivo da Tribuna Livre, aprovada no início do mês de setembro. Lembrou que, obedecendo a critérios estabelecidos na Lei, o cidadão passa a ter voz durante as sessões no Legislativo, avisando que as regras para participar podem ser encontradas em sua fanpage ou facebook.

Em relação a PL que proíbe o uso de cerol em linhas de pipas ou papagaio em Volta Redonda, disse também que foi por sugestão de parte da população. Aprovado no início do mês de agosto, O PL pretende evitar acidentes que atingem principalmente os motociclistas e ciclistas. Esse material, de acordo com o parlamentar, é capaz de provocar lesões, mutilações e até levar à morte.

Outro assunto exposto na reunião do vereador com a população foi sua

abstenção durante a votação da taxa de iluminação pública na sessão da última terça-feira, 24, na Câmara de Vereadores. Na verdade, foi o primeiro tema a ser abordado. Explicou que, primeiramente, fez um pedido de adiamento da votação para que a proposta fosse analisada, como foi voto vencido, preferiu abster-se de votar. Garantiu que não pode votar contra ou a favor de um projeto sem conhecê-lo.

Jari lembrou que recebeu a proposta às 14h30min e a votação ocorreu em sessão às 15 horas. No caso da criação de uma taxa de iluminação pública, de acordo com ele, precisava ouvir o corpo técnico da Prefeitura, os técnicos que trabalham com ele e a população. Além disso, tinha que saber os critérios adotados. Lembrou que preza pela participação da população em suas ações e que vai continuar nas ruas com o Projeto Vereador no Bairro, que no ano passado fez 250 visitas em bairros da cidade e que neste ano já esteve em mais de 70.

O Projeto Vereador no Bairro, prevê visita em dois bairros por semana, às segundas e quartas-feiras, das 8h30min ao meio-dia. Em local de fácil acesso, uma tenda é montada para receber os moradores, mas, além desse espaço, parte da equipe do vereador circula pelas ruas para atingir toda comunidade.

1 comentário