Itatiaia promove palestra para discutir combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes

0

ITATIAIA

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Itatiaia realiza nesta quarta e quinta-feira, dias 23 e 24, dois eventos que concluem a programação referente à Semana de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes desenvolvida em âmbito nacional, entre os dias 14 e 18. Durante a programação iniciada no dia 18 houve palestra, distribuição de panfletos e orientações à população. O objetivo foi mobilizar a sociedade sobre o tema, reafirmando a importância de se denunciar e responsabilizar os autores de violência sexual contra a população infanto-juvenil.

Na sequência da programação, nesta quarta-feira, dia 23, às 14 horas, ocorrerá o encontro com equipes de secretarias municipais e órgãos do município, com o propósito de debater o panorama de Itatiaia em relação ao combate do abuso sexual envolvendo crianças e adolescentes. O evento, aberto ao público, ocorrerá no plenário da Câmara de Vereadores, no Centro. Na quinta-feira, dia 24, às 14 horas, haverá também a palestra com o tema “Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, realizada no Salão da Igreja católica do bairro Marechal Jardim.

O último levantamento do Centro de Referência Especializado indica que a maioria dos casos registrados em Itatiaia é contra as meninas. Em 2017 foram registrados 30 atendimentos, sendo que 71% contra meninas e 29% com meninos. O maior índice é entre adolescentes de 13 a 17 anos (59%). No município as crianças e adolescentes que sofreram algum tipo de violência são atendidos no CREAS e geralmente são encaminhados pelo Conselho Tutelar, Ministério Público ou pela Delegacia Civil.

No CREAS de Itatiaia é ofertado serviço especializado e continuado a famílias e crianças ou adolescentes em situação de ameaça ou violação de direitos e situação de violência física, psicológica, sexual. “Fazemos palestras, grupos de atendimento, com o objetivo de alertar a população e incentivá-la a combater e denunciar todos os tipos de violência e abuso contra crianças e adolescentes. Acreditamos que por medo de denunciar, muitos casos não chegam até nós e essa realidade precisa mudar”, orienta a coordenadora do CREAS de Itatiaia, Thiara Correa Silva, lembrando que os casos de abuso podem ser denunciados, gratuita e anonimamente, pelo Disque 100, criado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.