Inverno tem início e pode comprometer abastecimento de água

0

SUL FLUMINENSE

O inverno começou nesta quinta-feira, dia 21, no hemisfério Sul, exatamente às 7h07min (horário de Brasília), mas ao contrário do que se espera com a chegada da estação mais fria do ano, a tendência é que o tempo fique quente, ou pouco acima do normal esperado para a época, e seco ao longo desta semana, principalmente à tarde, com as noites e madrugadas marcadas pelas temperaturas mais baixas. O clima de pouca umidade e chuva pode comprometer o abastecimento de água na região.

Segundo o observador meteorológico do Centro de Monitoramento Climático Fluminense, Rafael Leonardo Bellan, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), órgão americano, classificaram o inverno deste ano como uma estação de “neutralidade”, já que não haverá nem o El Ninõ, quando há um aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico; e nem de La Niña que é o fenômeno inverso. Na prática, conforme explicou Bellan, a região contará com temperaturas mínimas de 10º C a 14º C; com as máximas variando entre 20º C a 25º C. “Os primeiros dias desse inverno serão de calor para os padrões desta época do ano. Mas no geral, as temperaturas vão ser dentro da média, ou seja, baixas”, afirmou, completando: “O inverno é a temporada que menos chove e durante a estação pode ser que tenhamos até mesmo chuvas abaixo da média”, informou.

Bellan disse ainda que os reflexos do tempo seco podem ficar mais graves entre o final de agosto e o início de setembro, meses característicos também pelas queimadas. “O final do inverno, em setembro, vai ser muito seco. Isso deve prejudicar bastante o abastecimento de água na região, Represa do Funil e afluentes do Rio Paraíba do Sul podem ser afetados e as temperaturas vão ficar acima da média naquele mês”, previu.

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !