Indio é reconhecido pelo trabalho de ordem urbana em Copacabana e recebe apoios

0

RIO

Reconhecido em Copacabana pelo seu trabalho de ordem urbana, Indio da Costa (PSD) caminhou na manhã de sexta-feira pelo bairro de Copacabana. Ao dizer que está disputando o governo do Rio de Janeiro, recebeu declarações de apoio de moradores, que também lembraram ser Indio o relator da Lei da Ficha Limpa. Quando foi administrador regional de Copacabana entre 1995 e 1996, Indio excluiu o bairro da lista da embaixada americana (que condenava a circulação de turistas ali) ao devolver Segurança a toda a região.
“Foi um desafio, bem do jeito que sei fazer, que é administrar e colocar ordem pública. A Segurança foi restabelecida na área. Reorganizei o bairro todo e a consequência foi a redução dos índices de criminalidade. O que eu fiz era dado como muito improvável, porque a situação era grave, mas tenho orgulho de ter realizado. E dar Segurança a todo o estado é dado como extremamente difícil, mas eu sei que posso fazer e darei investindo firme nas polícias”, afirmou Indio.
Dona Maria Antônia, 61 anos, moradora do bairro há 30 anos, adorou rever Indio e disse que agora que sabe que ele é candidato, seu voto é dele. “O Indio fez um ótimo trabalho aqui, em Copacabana. Acabou com a bagunça. Tenho certeza que como governador o estado sairá desse buraco”, afirmou.
Indio disse que vai governar com a população, da mesma forma que lutou para aprovar a Lei da Ficha Limpa que tinha uma grande maioria de políticos contra. Ele contou que deu o seu celular nas rádios e televisões e devolveu às pessoas que lhe escreveram os números de celulares de todos os parlamentares. Os eleitores cobraram deles e a Ficha Limpa acabou aprovada. “Por conta da Lei da Ficha Limpa, mais de 7 mil fichas-sujas deixarão de disputar as eleições deste ano”, reforçou o candidato.
O candidato falou também sobre a importância do turismo para o estado do Rio de Janeiro. Ele comentou que o turismo só vai crescer com investimento na segurança pública. “Repito e insisto: é a segurança que vai destravar o estado como um todo. “Os turistas têm medo de vir para cá e os cariocas estão com medo do dia a dia no estado. A violência está demais. Vou focar na saída para a Segurança, investindo nas polícias. Dar todas as condições para as polícias trabalharem, investigando para poder prender e não soltar. Tenho certeza de que com segurança conseguimos destravar o estado como um todo, o que inclui alavancar o potencial turístico de várias cidades do Rio”, disse Indio.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !