Implantação de entreposto de grãos em Barra Mansa foi tema de reunião na Aciap

0

BARRA MANSA

Representantes de entidades empresariais e autoridades se reuniram na última sexta-feira no auditório da Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços de Barra Mansa (Aciap-BM). O encontro teve como principal objetivo debater a respeito da implantação de um entreposto de grãos no município.

A reunião contou com a participação da presidente da Aciap-BM, Denyse Singulani, do prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, do presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Barra Mansa (Codec-BM), Arivaldo Corrêa Mattos, do secretário estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Eduardo Lopes, dos deputados federais Antônio Furtado e Alexandre Serfiotis, do subsecretário estadual de Saúde, Bruno Marini e do chefe de gabinete do deputado federal Hugo Leal, além de produtores rurais do município.

O entreposto de grãos, de acordo com o presidente do Codec-BM, Arivaldo Corrêa Mattos, é um projeto antigo de Barra Mansa e que vem ganhando força. “A implantação de um entreposto é extremamente importante para a economia do nosso município e região e já vem sendo discutida há anos. Com o apoio das autoridades e o empenho das entidades empresariais esperamos que, em breve, o projeto se concretize”, lembrou Arivaldo.

Para colocar o projeto em prática, o prefeito Rodrigo Drable sugeriu alguns locais para abrigar o entreposto e ressaltou que está negociando com investidores chineses. “O que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) exige é uma área de cinco mil metros quadrados e bem estruturada. Temos alguns espaços para abrigar o negócio: uma área na localidade de Anízio Braz e outra dentro do antigo imóvel da Edimetal. Mas todas precisam ser mais estudadas, considerando que precisamos pensar em questões de custos e logísticas”, citou o prefeito.

O deputado federal Alexandre Serfiotis (PSD) comentou a respeito de uma recente conversa que teve com o diretor-presidente da Conab, Newton Araújo Júnior, em Brasília. “De imediato, nosso pedido foi pela instalação de um balcão direto de venda de produtos. Enquanto isso, o estudo de viabilidade do entreposto vai sendo realizado. Vamos continuar os esforços para tirar esse projeto do papel”, garantiu o deputado.

Aproveitando a fala de Serfiotis, o presidente da empresa Rica Alimentos, Alexandre Igayara, comentou sobre o processo que seria mais benéfico para os produtores agrícolas. “A venda de grãos em sacas não seria eficaz. Para o grande produtor, o ideal seria o silo graneleiro, com distribuição dos grãos pela malha ferroviária”.

O secretário estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Eduardo Lopes, concordou que a melhor forma de transportar os grãos seria usando os trens. “O modal de transporte realmente é a ferrovia. O estado do Rio de Janeiro tem grande potencial no agronegócio, mas, atualmente, importamos muito mais do que exportamos produtos agrícolas. Por isso vamos nos empenhar para tornar o entreposto da Conab em Barra Mansa uma realidade”.

A presidente da Aciap-BM, Denyse Singulani colocou a Associação à disposição para auxiliar no que for necessário para a instalação do entreposto. “Barra Mansa oferece toda condição logística para abrigar o projeto. A Aciap se coloca à disposição para auxiliar nesse assunto no que for possível”, reforçou Denyse.

Para dar continuidade aos trabalhos, foi formado um grupo com representantes dos governos municipal, estadual e federal e de entidades empresariais. A equipe terá o compromisso de estudar os detalhes do projeto de implantação do entreposto. A próxima reunião está pré-agendada para o dia 26 de abril e deve contar com a participação de membros da Conab.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !