Ilha Grande terá apoio federal do Programa Investe Turismo

0

ANGRA DOS REIS

O município de Angra dos Reis está inserido entre as 30 cidades da Região Sudeste que serão contempladas pelo Programa Investe Turismo, uma iniciativa do Ministério do Turismo (Mtur), Sebrae e Embratur, apresentado dia 28, em Brasília. A cidade será representada pela Ilha Grande, que receberá um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços. A meta é unir setor público e iniciativa privada para preparar e promover a competitividade.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a intenção do programa é desenvolver as vocações do turismo nas rotas contempladas, fazendo da indústria de viagens um impulso econômico para toda a região. “O Sudeste brasileiro contempla oferta turística ampla e diversificada, desde o acesso a patrimônios culturais, como as cidades históricas de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, a um vasto litoral, belo e bem estruturado, até uma forte concentração em viagens a negócios e eventos internacionais. É hora de converter nosso potencial turístico em negócios, empregos e renda”, destaca o ministro.

Segundo o diretor-presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, a parceria vai trazer ganhos inéditos para a economia turística. “Estamos trabalhando duro para a retomada do crescimento. Tudo está sendo feito para que o Brasil tenha um terreno fértil, capaz de dar condições para que os pequenos negócios brotem. A parceria Ministério do Turismo, Sebrae e Embratur é prova disso. Vamos apoiar o Governo Federal, focando em setores chave para o desenvolvimento do turismo. Somente assim conseguiremos que os negócios não apenas nasçam, mas também cresçam saudáveis”, afirma Melles.

A reunião consolidou cinco rotas turísticas estratégias no Sudeste – Foto: Divulgação

De acordo com o presidente da TurisAngra, João Willy, o lançamento deste programa demonstra a importância que o Governo Federal tem  dispensado ao Turismo. “O Investe Turismo significa mais investimentos para o turismo da nossa cidade. O programa permitirá uma relação mais próxima das cidades com o Ministério do Turismo e isso será muito bom para o desenvolvimento do setor. Além disso, o Governo Federal vai trabalhar em áreas que não conseguimos alcançar, como uma divulgação internacional de nosso destino”, avaliou João Willy, que aproveitou a viagem a Brasília para ir a uma reunião no Ministério do Turismo com o objetivo de tratar de investimentos para Angra.

VISITAS TÉCNICAS

A realização de visitas técnicas nacionais e internacionais para identificar as melhores práticas de inovação e qualificação dos produtos e serviços turísticos está no escopo do trabalho que será realizado pelo Investe Turismo. Ainda dentro das ações propostas estão parcerias para melhorar e ampliar a cobertura de internet em destinos estratégicos; apoio aos movimentos de intervenções criativas de espaços públicos, cartilha para investidores com um passo a passo sobre como implantar empreendimentos turísticos, além de seminários em cada rota turística estratégica.

Com o intuito de apresentar todos os projetos que serão desenvolvidos em cada localidade, o primeiro encontro está previsto para a próxima terça-feira, dia 3 de junho, em João Pessoa (PB). No total, 158 municípios brasileiros serão contemplados pelo Investe Turismo neste primeiro momento. Neles serão investidos R$ 200 milhões.

A Ilha Grande será alvo de investimentos do governo federal – Foto: Wagner Gusmão/PMAR

A região Sudeste ficou dividida em cinco rotas turísticas estratégica: Vitória e Montanhas Capixabas – Vitória, Guarapari, Vila Velha, Venda Nova do Imigrante e Domingos Martins); Belo Horizonte e Cidades Históricas de Minas (Belo Horizonte, Brumadinho, Diamantina, Ouro Preto, Mariana, Sabará, Congonhas, São João Del Rey e Tiradentes); Rio de Janeiro Imperial (Rio de Janeiro, Petrópolis, Nova Friburgo e Teresópolis); Costa do Sol – Região dos Lagos (Angra dos Reis “Ilha Grande”, Paraty, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Rio das Ostras e Saquarema); São Paulo e Litoral Norte (São Paulo, Ilhabela, Bertioga, Ubatuba, Caraguatatuba e São Sebastião).

 

 

 

error: Conteúdo protegido !