Idosos e profissionais da Saúde de Volta Redonda recebem terceira dose da vacina contra a Covid-19

0

VOLTA REDONDA
“Eu vou tomar quantas doses mandarem para o bem da minha saúde, todo mundo tem que se vacinar. Eu acredito na vacina e acho que as mortes estão caindo por causa disso. Está acontecendo em todos os lugares, graças a Deus. Eu não peguei Covid em nenhum momento, me cuido direitinho, so máscara, álcool em gel e só saio de casa quando é realmente necessário”. O relato é de Terezinha Valente Teles, de 86 anos, que recebeu nesta terça-feira, dia 28, a terceira dose da vacina contra a Covid-19 na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do bairro Jardim Paraíba, em Volta Redonda.
Quem também se sentiu aliviada ao tomar a terceira dose foi a nutricionista Cláudia Coelho, que trabalha no Restaurante Popular de Volta Redonda.“A dose de reforço já era esperada por nós (nutricionistas) e que bom que isso aconteceu rapidamente em Volta Redonda, muito feliz por essa iniciativa. A gente que trabalha com o público diariamente e tem idosos em casa, se faz necessária essa proteção a mais”, falou.
A auxiliar de saúde bucal Maria Marlete Lopes Ramos, que participa ativamente da vacinação de outras pessoas através dos drive-thrus realizados na Ilha São João, disse que a dose de reforço é uma proteção a mais a ela e as outras pessoas com as quais tem contato. “Os profissionais de saúde se expõem nos atendimentos, principalmente, na saúde bucal. Por isso, esse reforço na imunização contra a Covid-19 é importante e todos devem se vacinar”, afirmou.
Delza Costa Vieira, de 82 anos, também recebeu a dose de reforço elogiando a iniciativa da proteção. “Eu entendo que essa nova convocação é para o nosso bem, a gente vai ficar mais protegido, acho importante sim a terceira dose”, disse.
Vacinação
Além de idosos a partir de 60 anos que tenham recebido as duas doses há pelo menos seis meses, 7/4, a aplicação de reforço está sendo oferecida a imunossuprimidos graves e profissionais da Saúde, entre 50 e 59 anos. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ressalta que novas faixas etárias dos profissionais de saúde serão incluídas, gradualmente, na terceira dose. Dependendo da chegada de novas remessas de vacinas, encaminhadas pelo Ministério da Saúde.
Para receber a dose de reforço basta procurar qualquer uma das 46 Unidades de Saúde (UBS e UBSF), no horário das 8h às 16h. É necessário apresentar o cartão de vacinação Covid e um documento de identificação. Há nove postos de saúde que funcionam com horário estendido até as 21h, são eles: São João, 249, Vila Mury e Volta Grande. Outros ficam abertos até as 18h, como é o caso das unidades dos bairros: Siderlândia, Vila Rica/Tiradentes, São Geraldo, Santo Agostinho e Santa Cruz.

error: Conteúdo protegido !