Hospital de Emergência de Resende inicia nova etapa da reforma

0

RESENDE

A Prefeitura de Resende iniciou, no último dia 30, a quarta etapa de obras no Hospital Municipal de Emergência Sérgio Henrique Gregori. A intervenção chegou, desta vez, na área de medicações e nos consultórios do hospital.  De acordo com o prefeito Diogo Balieiro Diniz, o objetivo é dar continuidade ao compromisso de melhorar o Hospital de Emergência, assim como os mais diversos espaços públicos do município, chegando a mais setores para garantir progressos importantes na estrutura do local.

O prefeito lembrou das etapas já concluída na unidade que é referência regional. A gestão municipal não mede esforços para buscar melhorar cada dia mais o serviço oferecido. Tivemos a primeira etapa das obras chegando ao Hospital da Criança, a segunda etapa reformando todo o Centro de Terapia Intensiva (CTI), a terceira etapa chegando ao Pronto Socorro, Sala Vermelha e Sala Amarela e agora estamos na área de medicações e nos consultórios da unidade. Vale lembrar que o Hospital Municipal de Emergência também recebeu, neste período, equipamentos novos de última geração e novas possibilidades de tratamento que tornam a rede pública de saúde de Resende uma referência na região”, diz o prefeito.  

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, neste momento, a equipe atua na demolição dos consultórios para fazer uma readequação no espaço. Uma sala de medicação será construída, na qual os pacientes, nos casos mais leves, vão receber soro e medicamentos. Neste caso, os pacientes ganharão em conforto e comodidade, enquanto passam por essa etapa do atendimento.  

Esta etapa de obras ainda inclui a construção de paredes em drywall (gesso acartonado), novas instalações elétricas e hidráulicas mais modernas e seguras; relocação de rede de gases hospitalares; assentamento de piso, que será de porcelanato; a instalação de lavatórios nos novos consultórios, além de uma pintura completa do local.  

Para que o atendimento não seja interrompido durante a intervenção, os consultórios foram deslocados para uma ala interna do hospital e, assim, os pacientes estão recebendo este atendimento em um local temporário. A expectativa, de acordo com a secretaria de Saúde, é de que a intervenção esteja concluída já no início de 2020. “Com as obras dos consultórios visamos um atendimento também mais humanizado, com mais conforto, segurança, organização e qualidade para a população. Todas essas melhorias em sequência marcam um novo tempo para a unidade”,  explica o secretário municipal de Saúde, Alexandre Vieira.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !