Hospital de Emergência adquire aparelho de videolaringoscopia

0

RESENDE

O Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori ganhou um importante aliado para o procedimento emergencial de intubação traqueal: o aparelho de videolaringoscopia. Com a nova aquisição, a Prefeitura de Resende conquista mais um serviço de referência para o município. O equipamento é pioneiro na unidade hospitalar e já está preparado para uso em possíveis casos de emergência, no centro cirúrgico. O procedimento com videolaringoscopia é realizado em situações de difícil acesso às vias aéreas, com objetivo de salvar vidas.

O aparelho de videolaringoscopia é de uso restrito, ou seja, direcionado para atendimentos críticos. Foi adquirido por meio de recurso de emenda federal, avaliado em R$ 32 mil. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Tande Vieira, o novo equipamento permite maior precisão na hora de intubar o paciente, além de dar mais segurança e agilidade nos procedimentos com anestesia. “O equipamento é fundamental para socorrer pacientes em situações emergenciais, quando o especialista não consegue ter uma visão mais nítida, utilizando instrumentos convencionais, para a intubação na traqueia do paciente anestesiado”, afirma.

O secretário de Saúde, reforçou ainda que o aparelho de videolaringoscopia não é destinado para uso rotineiro e sim para casos mais específicos, podendo salvar vidas. “O novo aparelho será utilizado por especialistas, tais como anestesistas e intensivistas, de forma excepcional, para a colocação de tubo no paciente. O hospital não possuía este equipamento e, agora, está compondo este kit para acesso às vias aéreas difíceis, com uma parte de suma importância”, esclareceu.

O Hospital de Emergência contabiliza uma média de 100 cirurgias por mês. A unidade de saúde referência nas Agulhas Negras foi inaugurada em 1994, tendo em média nove mil atendimentos mensalmente.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !