Homem é preso na Santa Casa de Barra Mansa após ser baleado

2

BARRA MANSA

Policiais militares da 2ª Cia. do 28º Batalhão de Polícia Militar (BPM) prenderam na madrugada de sábado, dia 13, Juarez Donizeti Souza Santos Júnior, de 25 anos. Ele é suspeito de tráfico de drogas no bairro Colônia Santo Antônio e teria atirado contra os policiais militares durante ação de combate ao tráfico de drogas no bairro.

De acordo com informações contidas no Registro de Ocorrência (RO) registrado na 90ª Delegacia de Polícia, os policias teriam recebido a informação de que um homem estaria de posse de uma arma, traficando drogas e, ainda coagindo os moradores da Rua I, no referido bairro.

Diante das informações os policiais em duas guarnições se deslocaram até a localidade. Nas proximidades do endereço da denúncia, os policiais se dividiram e conseguiram localizar o suspeito que seguia de encontro aos agentes que o abordaram. Foi quando o elemento empreendeu fuga em direção a uma mata, sacou uma arma e efetuou disparos contra os policiais que revidaram a agressão. Mesmo assim, o suspeito conseguiu fugir.

No entanto, durante buscas pela mata, os policiais notaram um rastro de sangue. Eles mantiveram as buscas e localizaram um revólver Cal 38 com cinco munições e ainda mais seis estojos do mesmo calibre já deflagrados.

Ainda durante buscas pela localidade, na tentativa de localizar o suspeito, os agentes receberam a informação de que um elemento ferido por disparo de arma de fogo havia dado entrada em busca de atendimento médico na Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa. De imediato os agente seguiram para unidade médica identificaram o homem como sendo o mesmo que havia fugido e atirado contra os policiais.

Diante dos fatos guarnição seguiu até a 90ª Delegacia de Policia onde o fato foi apresentada e o material apreendido entregue a autoridade policial que determinou que o suspeito permanecesse sob custódia, sendo o mesmo autuado no art 121, parágrafo 2º, inciso VIII e art 14, inciso II todos do CP.

2 Comentários

  1. Bom trabalho policiais, contenção de atividades criminais e autores.
    Desnecessário fotos toda hora do que é obrigação do funcionário público, pra isso fez concurso certo, ninguém entra na PM obrigado!
    O Batalhão sim deve homenagear da forma que quiser, sempre que condiderar merecedor, conforme seus critérios de competência ou resultados.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !