Garotinho fala da violência em Angra e retomada de projetos sociais para salvar o Rio

0

VOLTA REDONDA

Em visita de campanha, na quarta-feira, no município, o candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (PRP), visitou o prefeito Samuca Silva (Podemos), a Câmara de Vereadores e o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense. Em todos os encontros, o candidato frisou a violência que ocorre na cidade de Angra dos Reis, a importância da retomada dos projetos sociais que foram desenvolvidos em seu governo passado e da Rosinha Garotinho; e foco na economia do Estado do Rio.

Em entrevista na Praça Sávio Gama, antes da visita ao prefeito, Garotinho classificou a segurança pública como uma questão dramática nos municípios do interior. Disse que isso é o resultado de uma política desastrada de UPP que foi realizada tornou algumas cidades do interior um verdadeiro barril de pólvora. Citou como exemplo a cidade de Angra dos Reis onde as pessoas já não podem nem mais andar nas ruas. “Temos programas amplos de desenvolvimento, educação, de ensino profissionalizante para melhorar isso, mas especificamente o interior do Estado sabe que pode contar comigo como contou da outra vez”, declarou o candidato.

Garotinho disse ainda que como proposta, quer fortalecer a parceria com as prefeituras através da retomada do Padem, que é um programa de assistência e desenvolvimento dos municípios, que foi criado por ele e que levou muitas obras importantes para as cidades da região, como Barra do Pirai, Angra dos Reis, Volta Redonda e outras. Em seguida voltou a falar sobre a segurança que será uma de suas prioridades, como governador. Ressaltou que se trata de uma situação desesperadora assistir o que está ocorrendo em Angra.

APELO AO GENERAL BRAGA

Disse que nunca imaginou que isso poderia acontecer. Assistir a cidade vivendo o que está vivendo hoje. “Eu até faria um apelo ao General Braga Neto, que é o comandante da Intervenção que desloque policiais militares, do Exército e do Serviço de Inteligência da Polícia Federal e da Polícia Civil do Estado imediatamente dentro de Angra dos Reis para solucionar o problema”, destacou o candidato, lembrando que não está com sua candidatura impugnada, pois qualquer noticia em relação a isso é mentira. Disse ainda, que vai instalar imediatamente um gabinete de emergência de Segurança Pública, em Angra dos Reis, se eleito.

Em relação aos programas sociais criados e desenvolvidos em seu governo passado, Garotinho prometeu retomá-los, como o Restaurante Popular. “Esse é um dos 70 programas que a quadrilha atual desse governo destruiu e que queremos retomá-los, como também as Clínicas para Dependentes Químicos, Jovens pela Paz e outros. Mas primeiro terei que tomar uma medida, a de renegociar o acordo de recuperação fiscal, que é péssimo para o Estado. Uma ação acertada por essas duas figuras rejeitadas, que é o Michel Temer e o Pezão”, destacou.

À tarde, na visita à Câmara de Vereadores, Garotinho prometeu, caso seja eleito, sanear as finanças do Governo do Estado, reduzir pela metade o Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que atualmente é de 4%, entre outros benefícios que atenda a população do Estado.

No Legislativo, o vereador Sidney Dinho (Patriota) frisou que Garotinho fez uma visita a Casa, como pode fazer também os outros candidatos. Dinho, que é candidato a deputado estadual, que acompanhou o candidato na visita ao prefeito, juntamente com Carlinhos Santana, fez questão de declarar também seu apoio ao candidato do PRP ao Governo do Estado. Disse que, como ele, outros vereadores também estão apoiando Garotinho, como Pastor Whashington Uchôa (PRB), Carlinhos Santana (SD), Rodrigo Furtado (PTC), além do vereador Tostão de Barra do Piraí. O candidato encerrou sua agenda de campanha em Volta Redonda na Sede do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, no Centro. Ele foi recepcionado pelo presidente do Sindicato, Silvio Campos, diretores, trabalhadores e simpatizantes.

Em Barra Mansa se reuniu com o vereador Zé Abel no bairro Nove de Abril.

 

 

 

error: Conteúdo protegido !