Fundação Casa da Cultura celebra 30 anos com programação festiva

0

RESENDE

Responsável por formular e implementar as políticas públicas de governo relativas à Cultura no município, a Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda está completando 30 anos de existência em 2019. E para celebrar a data especial para a população resendense, nesta sexta-feira, dia 14, a fundação tem uma programação, que conta com um show musical e uma sessão solene na Câmara Municipal de Resende.

A comemoração começou pela manhã, às 10 horas, com o show musical promovido pela Banda da Casa da Cultura. A homenagem prestada por profissionais e alunos da Fundação conta também com alunos de duas escolas municipais, E.M. Maria Dulce Freire Chagas e Escola Profissional Sagrado Coração de Jesus, além de alunos da Escola de Música Maestro Aniceto, que funciona na Casa da Cultura

Com apresentação do Diretor de Cultura, Fabio Monteiro, o show conta com a presença dos professores e músicos da FCCMM: Rafael Garrido, Beto Oliveira, Chuck Bones e a participação de Fernando Troina. A apresentação aconteceu na histórica Praça Oliveira Botelho e a população compareceu para prestigiar a apresentação e para celebrar a data.

Logo mais, às 15 horas, a homenagem continua com uma sessão solene no Plenário da Câmara Municipal de Resende. Durante o evento, uma homenagem será feita a todos os ex-presidentes que estiverem presentes e que fizeram parte da história da Fundação. Além disso, o historiador e responsável pelo Arquivo Histórico Angelo Mainine ficará responsável por ministrar uma palestra sobre a importância histórica do espaço para o município e para toda a região.

O presidente da FCCMM, Thiago Zaidan, ressalta a importância de prestigiar o evento e celebrar a Fundação, que é responsável por transformar a vida de muitas pessoas, como aconteceu com o próprio presidente. “Eu, assim como o diretor Fábio Monteiro, fui aluno da FCCMM e isso marcou muito a minha trajetória. A Fundação tem esse poder de promover o acesso à cultura e fazer a diferença na vida das pessoas. Temos aulas de música, temos museus e exposições muito ricas e impregnadas de cultura e história. Sua importância enquanto espaço de preservação da memória do município também é muito grande. São muitas razões pelas quais devemos celebrar e valorizar a existência da FCCMM”, diz o presidente.

DEPENDÊNCIAS DA FCCMM

A FCCMM reúne diversos elementos fundamentais no resgate da memória de Resende, através do Arquivo Histórico, com documentos raríssimos que recriam séculos de história. No prédio da Fundação também funcionam: a Escola de Música Maestro Aniceto, o Museu da Imagem e do Som e o Arquivo Histórico Municipal. São também integrados à Fundação, a Biblioteca Municipal Jandir Cezar Sampaio (no Espaço Z), o Museu de Arte Moderna (MAM) de Resende e o Cine Vitória.

A Fundação Casa da Cultura foi criada pela Lei 1607 de 1989 e completa 30 anos, com uma trajetória repleta de conquistas institucionais e ações culturais que confirmam as estrofes do Hino de Resende “A esta erra que é um berço divino / De poetas, de artistas, de heróis!”, do poeta resendense Luiz Pistarini. O ato de criação da FCCMM é resultado de um longo processo histórico, que tem seu início no século XIX, atravessa o século XX e continua no século XXI. Toda essa história será abordada em detalhes na palestra da programação, nesta sexta feira.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !