Forte do Leme recebe obras para visitação turística em Angra dos Reis na retomada do setor pós-pandemia do coronavírus

0

ANGRA DOS REIS

Em virtude da pandemia do coronavírus o setor de turismo segue praticamente paralisado, mas em Angra dos Reis, o foco para a retomada das atividades já começou. Um dos principais monumentos turísticos situados no Corredor Turístico da Ponta Leste, o Forte do Leme passa por melhorias.

Situado perto do Monumento em homenagem ao Encouraçado Aquidabã, o Forte do Leme abriga uma construção militar datada de 1911. No local, os turistas podem conferir a bela vista da Baía da Ilha Grande e encontrar dois canhões de 234 milímetros, fabricados em 1901.

De acordo com a prefeitura, o projeto de recuperação do Forte do Leme, que teve início há alguns dias, inclui reaver acesso de carro, resgatar trilha a pé, recuperar o casarão e os canhões, criar uma área de estacionamento, iluminação, limpeza e sinalização turística. “Encaminhamos um projeto para o Ministério do Turismo solicitando recursos, mas decidimos não ficar só esperando e já começamos as ações com mão de obra própria”, destacou o presidente da Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra), João Willy.

IMPORTÂNCIA DO TURISMO

Para Willy, o turismo é fundamental para a economia da cidade. “Isso que está acontecendo vai passar, o turismo vai ser um setor importante para a economia da cidade e a TurisAngra, além de ações com o trade, está preparando a cidade”, disse.

error: Conteúdo protegido !