Formandos do Senai terão agilidade para obter registro profissional

0

SUL FLUMINENSE

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que integra o Sistema Firjan, firmou acordo de cooperação técnica com o Conselho Federal de Técnicos Industriais (CFT). O acordo vai permitir acesso a bancos de dados para a comprovação da realização dos cursos técnicos na instituição. E o CFT terá mais agilidade na emissão do registro profissional.

Segundo Wilson Wanderlei Vieira, presidente do CFT, o acordo vai agilizar o registro dos profissionais técnicos recém-formados ao facilitar a conferência. “Hoje, chegam muitos diplomas falsos, e, com esse convênio, vamos saber exatamente quem é formado pelo Senai, que o diploma é real e existe uma escola por trás”, explica.

Criado em 2018, o CFT é o órgão que regulamenta e garante o livre exercício das atividades profissionais dos técnicos no país. Entre as atribuições que tem, está conceder o registro para exercício de profissões com essa formação. Vieira reforça que o convênio irá beneficiar, principalmente, os novos técnicos. “É uma vantagem grande para o profissional que, quando se forma, tem pressa em obter o registro. Hoje, nós precisamos pesquisar para verificar a veracidade do diploma. Com o contato direto na base de dados, nós já vamos saber que ele é formado pelo Senai e rapidamente expedimos o registro dele”, complementa.

Os cursos técnicos são destinados a alunos matriculados ou egressos do ensino médio. A formação possui carga horária média de 1.200h, que equivale a aproximadamente um ano e seis meses. Ao término, o aluno recebe um diploma de nível técnico reconhecido pelo Ministério da Educação.

A iniciativa foi bem vista pelos alunos da região, como o jovem Arnaldo Duarte, 23, que pleiteia a formação técnica no setor metalmecânico. Ele acredita que a medida possa favorecer a conquista de um emprego. “Toda ação que ajuda o formando é bem-vinda. Conheço colegas que se formaram e levaram um tempo até obter o registro. Acho que tendo o registro mais rápido vai influenciar num processo seletivo, por exemplo”, comenta o morador de Resende. Na unidade Senai Resende, estão abertas vagas para o curso de ‘Técnico em Manutenção Automotiva’ e Técnico em Mecatrônica’. Já na unidade Senai Volta Redonda, opção para o curso de Técnico em Eletrotécnica. Os interessados podem consultar informações sobre carga horária, turno e valores pelo site https://firjansenai.com.br/.

VALORIZAÇÃO DA FORMAÇÃO TÉCNICA

Em recente reunião em Brasília, a direção do CFT esteve com o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi, e o diretor de Operações da instituição, Gustavo Leal. Na conversa, Lucchesi destacou a importância de se valorizar essa formação no Brasil, especialmente diante dos novos desafios lançados pela 4ª Revolução Industrial. “Na maior parte das profissões técnicas para a indústria, os salários já são altamente competitivos”, avaliou. “E acreditamos que a demanda das empresas vai crescer exatamente no nível técnico com as mudanças tecnológicas”, explica.

Senai e CFT assinam acordo de cooperação técnica para agilizar a emissão de registro profissional – Divulgação

Para o diretor-geral do Senai, a implantação da reforma do ensino médio é uma grande oportunidade de valorizar a formação técnica e permitir que mais jovens brasileiros tenham uma profissão ao finalizar a educação básica. A nova lei prevê a existência de, pelo menos, cinco itinerários de aprofundamento dos estudos, entre os quais a formação técnico-profissional. Enquanto que em países europeus, 50% dos estudantes fazem educação profissional durante o ensino médio, no Brasil, esse número é de 10%.

error: Conteúdo protegido !