FGTS: Agências da Caixa realizam atendimento extra neste sábado

0

SUL FLUMINENSE

A Caixa Econômica Federal (CEF) adota sistema diferenciado de atendimento neste sábado, dia 14, para cobrir a demanda de correntistas que possuam saldo de contas ativas ou inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). As agências estarão abertas entre 9 e 15 horas. Teve início ontem o prazo de saque de R$ 500 do programa Saque Imediato para os clientes com conta poupança na CEF, nascidos entre janeiro e abril, tendo o valor previamente creditado.

A sexta-feira foi um dia de muito movimento nas agências do banco, que antecipou em duas horas o início do expediente. O esquema deve ser repetido na segunda e terça-feira, dias 16 e 17.  As agências que normalmente abrem às 11 horas terão abertura às 9 horas.  “Vamos avaliar o movimento desses dias para ver se teremos que abrir mais calendários especiais nas semanas seguintes”, disse o vice-presidente de Distribuição, Atendimento e Negócios da Caixa, Valter Nunes. Ele participou na quinta-feira, dia 12, de transmissão no Facebook, juntamente com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o vice-presidente de FGTS da Caixa, Paulo Ângelo, para tirar dúvidas sobre o Saque Imediato.

A CEF disponibilizou em seu site oficial um guia para tirar dúvidas sobre a Medida Provisória 889/2019 que cria o Saque Imediato e também o Saque Aniversário. Basta acessar o link https://bit.ly/2YsROdO. Outra opção é usar o telefone gratuito 0800 724 2019. A expectativa da CEF é que mais de 96 milhões de pagamentos sejam realizados através do Saque Imediato.

Segundo a Superintendência Regional da Caixa, neste primeiro cronograma apenas os correntistas têm acesso aos valores. Na sequência do cronograma do depósito automático, os próximos a ter acesso ao saque serão os correntistas da Caixa nascidos em maio, junho, julho e agosto, no dia 27 deste mês. Em seguida, no dia 9 de outubro, será a vez os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. O saque para quem não é correntista começa no dia 18 de outubro.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular. “A Caixa dividiu o cronograma para facilitar o atendimento. Neste momento o saque é para clientes com conta poupança. Basta levar o cartão da conta e a senha para realizar o saque de R$ 500”, informa o superintendente Luciano Medeiros. O segundo cronograma começa dia 18 de outubro tendo como data limite 22 de novembro. O governo projeta que os saques extraordinários de contas ativas e inativas do FGTS, somado ao movimento de liberação dos saldos do PIS/Pasep, gere movimento de R$ 30 bilhões na economia.

A comerciária Naiara da Cunha, não sabia que o banco abriria no sábado e espera que o dia de folga permita seu saque. “Já pesquisei e soube que tenho limite suficiente para o Saque Imediato. Tenho conta na Caixa, já deve estar creditado, mas irei ao banco somente no sábado. Vi o movimento nesta sexta e desisti, mas a atendente informou que abrirão neste sábado e optei em aguardar”, afirma, comentando o destino do dinheiro extra. “Sábado, em Campos Elíseos? Será um misto de pagar conta e gastar comigo. Vou pagar carnês de lojas e usar parte para fazer unha e depois tomar uma cerveja com as amigas”, conta a moradora de Resende.

USO PARA QUITAR DÍVIDAS

Segundo estudo da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas e Serviço de Proteção ao Crédito Brasil (CNDL/SPC Brasil), quase 10 milhões de brasileiros devem usar o saldo das contas do FGTS para pagar dívidas. Entre elas, o cartão de crédito será principal conta em atraso paga com recursos do Saque Imediato. No geral, 45% dos beneficiários têm interesse em resgatar recursos. E apenas 19% devem aderir à modalidade Saque-Aniversário, que começa em 2020.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !