Festa de São Benedito acontece neste final de semana em Quatis

0

QUATIS       

A tradicional Festa de São Benedito, padroeiro do bairro que leva o nome deste santo da igreja católica, prossegue neste sábado, dia 11 e domingo, dia 12. A programação foi iniciada na noite de sexta-feira, dia 10, com a celebração da missa presidida pelo padre Gildo Nogueira Gomes, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, no Centro da cidade. A festividade contará com barracas com comidas e bebidas típicas, além de atividades recreativas e brinquedos para as crianças.

A programação deste sábado prevê a celebração do terço de São Gonçalo, acompanhada da procissão coordenada pelo movimento do terço dos homens, a partir das 19 horas e show com o cantor Juliano Tavares, às 21 horas. Já no domingo, haverá celebração da Palavra de Deus presidida pelo diácono Sebastião Teixeira, às 17 horas, bingo, às 18 horas e show com a cantora Danny Barros, a partir das 20 horas.

Localizado logo após a linha férrea para quem vem da área central em direção às comunidades situadas na parte alta do município, o São Benedito é o bairro mais antigo de Quatis, tendo sido habitado a partir da década de 1950, em terras de propriedade da família Teixeira Franco, conforme o levantamento da comissão pró-memória da cidade, denominado “Resumo do histórico-biográfico dos Bairros e Logradouros Públicos do Distrito Sede do Município de Quatis – RJ”. As terras da localidade foram vendidas posteriormente para o dentista Antônio Feliciano Pimenta Júnior, que iniciou a comercialização dos lotes locais, dando origem ao bairro, cujos primeiros moradores eram de baixa renda. Muitos deles trabalhavam na Rede Ferroviária Federal.

É no bairro que fica a estação ferroviária do Município, hoje desativada. Através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, a administração do prefeito Bruno de Souza (MDB) vem buscando recursos no Governo Federal visando à revitalização deste espaço enquanto um dos logradouros históricos da cidade.

O nome de São Benedito dado ao bairro se deve à capela em homenagem ao santo, construída há várias décadas na comunidade. Na década de 1960, a expansão do bairro levou à ampliação da escola local, que inicialmente se chamou Escola São Benedito, mas depois passou a ser denominada Escola Henry Nestlé em razão de a empresa láctea Nestlé ter doado o terreno para a realização das obras de ampliação.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !