Festa clandestina no bairro Roma é encerrada pela força-tarefa da Prefeitura de Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA
A força-tarefa de fiscalização da prefeitura de Volta Redonda continua trabalhando para garantir o cumprimento integral dos decretos municipais de enfrentamento ao coronavírus. Na noite de sexta-feira, dia 10, a equipe de fiscalização interditou uma casa de festas localizado na Rua Florença, no bairro Roma II. No local, estava sendo realizado um evento de música eletrônica com grande aglomeração de pessoas.

De acordo com o relatório da força-tarefa, as equipes chegaram até o local após denúncias da população. O espaço foi fechado e autuado e o proprietário multado em R$ 945,66.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, alertou para a importância da conscientização. “É muito triste ver que algumas pessoas ainda não entenderam o quão grave é a situação dessa pandemia. Estamos lutando todos os dias para salvar vidas e ainda tentar restabelecer a economia na cidade. Mas, para isso, todos precisam colaboram com o poder público”, disse Samuca.

A força-tarefa atua diariamente e, além de atender denúncias, faz rondas nos principais centros comerciais da cidade e pontos que tradicionalmente apresentam aglomeração.

A equipe da força-tarefa é formada pela Guarda Municipal, secretarias de Fazenda e de Segurança Pública, Vigilância Sanitária, além das polícias Militar e Civil e Ministério Público.

Até hoje, dia 11, só podem funcionar casas lotéricas, postos de combustíveis, oficinas mecânicas, borracharias, supermercados, hortifrútis, quitandas, peixarias, açougues, centros de distribuição de alimentos, padarias, farmácias e drogarias, clínicas, hospitais, lojas de produtos médico-hospitalares, clínicas veterinárias, lojas de produtos alimentícios para animais, distribuidores de gás e água mineral, indústrias, lojas de material de construção e similares.

error: Conteúdo protegido !