FabLab Open Day abre laboratório para protótipos no Senai Resende

0

RESENDE

Com a proposta de estimular a criação de protótipos de novos produtos o FabLab da Firjan Senai, conta com nove laboratórios da rede mundial criada no Center for Bits and Atoms, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). O projeto será aberto para todo o estado do Rio e o evento terá edição nesta sexta-feira, dia 4, das 14 às 17 horas, na unidade da Firjan Senai Resende. São 20 vagas por dia e inscrições gratuitas pelo site www.firjansenai.com.br/palestras. A atividade acontecerá também nos dias 8 de novembro e 6 de dezembro.

Como proposta pedagógica, os laboratórios com equipamentos de última geração focam na construção de conhecimentos por meio de projetos, desenvolvimento da criatividade e estímulo à inovação, aprendizagem com alunos de diferentes áreas e comunidades de aprendizagem. São utilizadas ferramentas de projetos como Design Thinking, Canvas e Pitch.

O projeto Slider é desenvolvido pelos alunos Juliane e Gustavo

Além de os alunos de qualquer curso da Firjan Senai terem acesso ao laboratório, o FabLab também tem cursos específicos, com diferentes pré-requisitos e cargas horárias. Os laboratórios integram diversos ambientes como: Criação e Desenvolvimento de Projeto Videoconferência e Reunião; Impressão e Digitalização 3D; Fresagem, Modelagem e Corte a Laser; e Acabamento e Finalização.

Os alunos têm acesso a um ambiente com centenas de laboratórios interligados ao redor do mundo, que compartilham conhecimento trabalhando em parceria e em tempo real. Além disso, eles contam ainda com a sala do Pré-Acelera, que é especialmente projetada para servir como ambiente de coworking destinado à pesquisa e estudos, visando dar vida às ideias dos estudantes, ou seja, transformar os projetos integradores com potencial de inovação a serem capazes de conquistar o mercado. “Quero me especializar em indústria 4.0 e não existe, no estado do Rio, nenhuma outra escola que ofereça uma estrutura como a da Firjan Senai. Esse laboratório é um investimento grandioso no estudante, rico em projetos e em conhecimento. O FabLab nos abre um leque de oportunidades, nos permite criar e inovar, dá asas à nossa imaginação”, afirma Gustavo Azevedo, 19 anos, aluno do curso técnico Redes de Computadores, na Firjan Senai de Jacarepaguá, alegando que o laboratório é um dos grandes incentivos para continuar se capacitando.

Gabriel Athayde é aluno do Firjan Senai e aprova o FabLab

Ele a colega Juliana Marques, 16 anos, são os responsáveis pelos projetos ‘Slider’, feito na Cortadora a Laser, para atender as indústrias farmacêuticas, e ‘Escadeira’, feita na Router CNC, uma cadeira que também vira escada a fim de ocupar menos espaço. O Senai foi a primeira instituição de educação profissional do Brasil a implantar o FabLab como uma estratégia de educação profissional relacionada aos processos formativos de nível técnico, movimento fundamental que fomenta a educação como base para a criação de uma cultura de inovação, imprescindível para garantir o futuro das empresas do país.