Estudo que determina melhores cidades para fazer negócios destaca Resende

0

RESENDE

Resende aparece em um estudo como a 26ª melhor cidade para fazer negócios. A pesquisa foi elaborada pela consultoria Urban Systems e será divulgada nacionalmente na próxima edição da Revista Exame. Anualmente o estudo é elaborado e lista as 100 cidades com maior potencial para fazer negócios. No ano passado, o levantamento mostrava o município em 66º lugar. Em um ano conquistou 40 posições. Outro destaque é que Resende figura como a única da região Sul Fluminense a estar dentro do ranking, além de ter saltado do terceiro para o segundo lugar no Estado do Rio, ficando atrás apenas de Niterói.

No Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios é avaliado os municípios mais atrativos para o desenvolvimento de negócios, considerando condições e infraestrutura disponíveis. O estudo apresenta também quatro recortes do tema, focando nas melhores cidades em relação a Desenvolvimento Econômico; Capital Humano; Desenvolvimento Social; Infraestrutura. Estes elementos, por sua vez, são divididos em outros indicadores atrelados também às questões econômicas dos municípios. Segundo dados da Urban Systems, isso é “reflexo de uma nova dinâmica que tem no Poder Público fator restritivo para o desenvolvimento das cidades”.

Resende se destacou em dois indicadores prioritários. No Desenvolvimento Econômico obteve o 39º lugar nacional (estava em 76º em 2018). Para esse ponto a cidade foi analisada em itens como crescimento de Microempreendedor Individual (MEI), depósitos em poupança, renda média dos trabalhadores formais, importações e exportações. Outro destaque foi no indicador de Infraestrutura, onde a cidade aparece em 31º lugar (era o 59º no ano passado), sendo avaliada em serviços como moradores em áreas urbanas com pavimentação no entorno; população em domicílios com energia elétrica; e potencial de Conexões de Banda Larga Fixa acima de 34 Mbps.

Ainda de acordo com a Urban Systems, “por premissa da pesquisa, foram considerados no Ranking os municípios com mais de 100 mil habitantes em 2018 (estimativa da população – IBGE)”. Com isso, 317 cidades do total de 5.570 municípios do país foram avaliados. Juntas, as maiores cidades representam 70% do PIB Brasileiro, concentram 62% das empresas e 72% dos empregos formais.

POTENCIAL DE DESENVOLVIMENTO

Em outro estudo, o Ranking Connected Smart Cities 2019, também feito pela consultoria Urban Systems, em agosto, Resende figura em 48º lugar na classificação geral de 100 melhores cidades com potencial de desenvolvimento. O estudo avaliou setores como Governança, Meio Ambiente, Urbanismo, Educação, Mobilidade/Acessibilidade e Saúde para chegar ao resultado final desejado, que é apontar as 100 cidades mais propensas a se desenvolver nos próximos anos. Resende, apesar de ter ido bem em diversos outros itens, se sobressaiu ao ser apontada como a oitava melhor saúde do país.

Todas as cidades do Brasil foram analisadas e o ranking leva em conta ainda a proporcionalidade da população de cada uma delas, para evitar disparates na avaliação.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !