Estudantes de Volta Redonda têm aulas nas ruas e praças

0

VOLTA REDONDA

Mais de 60 estudantes, coordenados pelos professores Ed Zambroni, Leonardo Gonçalves, Audilene Felício e Giglio, ligados ao Conselho Municipal da Cultura, participaram nesta quarta-feira de aulas explicativas nas ruas e praças. O projeto, denominado de “Turnê”,  teve início na frente da histórica Igreja Santo Antônio, no bairro Niterói.

A aluna do Ensino Médio do Colégio Estadual Barão de Mauá, em Volta Redonda, Kaila Rangel, se mostrou surpresa durante a primeira aula na rua. “Se a gente não conhece o passado, não sabemos porque vivemos”, expressou a estudante sua surpresa diante da Igreja de Santo Antônio. Segundo o professor Ed Zambroni, o projeto integra diferentes disciplinas, assim buscam trabalhar a identidade cidadã.

OBJETIVO DO PROJETO

O professor relatou ainda que conhecer a história da cidade, as relações sociais que se dão nos espaços, como se estruturam, as forças que estão por traz da organização da cidade são os objetivos do projeto. “O trabalho envolve pesquisas, lazer e registros. Assim acreditamos que os estudantes entenderão melhor o mundo, além do processo social de luta de classe”, destacou. Zambroni disse ainda que terem consciência histórica do seu papel na sociedade é o foco.

O professor Leonardo Gonçalves, também falou. Ao fim da ‘Turnê’, animado ele afirmou que os estudantes conheceram a história dos índios Coroados que ocupavam a cidade, passaram pela Vila de Santo Antônio, conheceram sobre a construção da Companhia Siderúrgica Nacional (CNS), emancipação da cidade, o histórico das lutas da classe operária na década de 80 e as lutas sociais que seguem até hoje. “Foram mais de duas horas riquíssimas de cultura e conhecimento histórico da cidade”, disse o professor ao chegar ao Memorial do Trabalhadores na Praça Juarez Antunes, no bairro Vila Santa Cecília.

 

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !