Equipe de Itatiaia é destaque no Sul-Americano de Jiu-Jítsu Olímpico da Confederação Brasileira

0

ITATIAIA

A região das Agulhas Negras teve destaque no Sul Americano de Jiu-Jítsu Olímpico, realizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu Olímpico (CBJJO) em fevereiro, no Rio, com ao menos seis atletas de Itatiaia terminando o torneio como medalhistas em suas categorias. Todos são integrantes da equipe Pedro Carvalho Team: Robert de Carvalho (medalha de prata – faixa branca – categoria meio pesado), Ginez Teruel (medalha de prata – faixa azul – categoria super pesado), Albert Osório (medalha de ouro – faixa roxa – categoria leve), Pedro Carvalho (medalha de bronze – faixa preta – categoria pena), Nielsen Crispin (medalha de ouro – faixa marrom – categoria leve) e Anderson Nunes (medalha de ouro – faixa roxa – categoria pesado). Eles são alunos do professor Pedro Carvalho, com atividade numa academia situada no bairro Jardim Itatiaia/Merisa, com aulas todas as terças, quintas e também aos sábados.

Por iniciativa do sensei Pedro Carvalho eles se reuniram e utilizando recursos próprios cobriram todos os custos para disputar o torneio no Rio de Janeiro. O esforço foi recompensado com as medalhas de âmbito internacional, além da experiência e a pontuação no ranking da CBJJO. “Tivemos um ótimo desempenho com todos os atletas participantes conquistando medalhas nas suas categorias. Cada um utilizou do seu recurso, do seu esforço e juntos conseguimos viajar de carro dividindo despesas. O mais importante foi conquistar alto desempenho na competição. O jiu-jítsu é um esporte razoavelmente caro. O aluno tem gasto com kimono, precisa manter alimentação regrada, pagar taxas de inscrição em torneios, filiação, deslocamento e em alguns casos até a hospedagem. Somos vencedores pelo esforço e a nossa determinação resultou na premiação”, comenta o professor Pedro Carvalho que coordena aulas para turma de 35 alunos na faixa etária entre 15 e 60 anos.

Medalhista de ouro faixa roxa na categoria leve, Albert Osório comemorou o primeiro lugar no pódio, afinal, todos são atletas com dedicação ao jiu-jítsu em horário alternativo ao trabalho formal e disputando espaço com os momentos curtos de lazer com a família, por exemplo. “Sou empresário do setor da construção civil e pratico jiu-jítsu há mais de seis anos com o propósito de aprimorar a qualidade de vida. Como aluno do professor Pedro Rocha, decidi aceitar o convite que ele fez a todos na academia para que participássemos do Sul-Americano. Integrei a equipe e amenizamos os gastos coletivamente. Na competição procuramos manter o foco e todos os seis participantes de Itatiaia foram medalhistas. Com o ouro me senti imensamente recompensado pelo esforço, pois também cedi meu carro para que viajássemos até o Rio, dividindo combustível. A partir desta medalha pretendemos incentivar crianças e jovens a ingressar no jiu-jítsu”, comenta.

 

A competição aconteceu em fevereiro, na Arena da Juventude, no Rio

Medalhista de bronze faixa preta na categoria pena, o professor Pedro Carvalho superou ainda um drama psicológico antes do torneio. “Não fiquei totalmente contente com o bronze, enfrentei problemas na preparação física e mental para a competição. Estava com um familiar internado no CTI de um hospital. Viajei abalado, mas tive concentração, disputei e conquistei uma medalha”, lembra o sensei.

O Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jítsu Olímpico foi uma realização da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu Olímpico (CBJJO), realizado dia 24 de fevereiro, na Arena da Juventude, em Deodoro, no Rio. O público foi incentivado a levar para a Arena um quilo de alimento não perecível. Os alimentos foram entregues recentemente para a Igreja São João Batista do Centro de Saquarema.

PROGRAMAÇÃO

A meta da equipe Pedro Rocha Team é seguir competindo representando o município de Itatiaia, cidade natal dos participantes. Os lutadores terão compromisso no próximo dia 25, durante a Copa Porto Real de Jiu-Jítsu, na cidade de Porto Real. No dia 26 de maio, estarão no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu Olímpico, no Rio. Na sequência da programação desenvolvida pela CBJJO ocorrerá em junho, o Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu Olímpico; em setembro o Pananamericano e em novembro a Word Cup – todas as competições no Rio de Janeiro. “Buscamos patrocínio para levar o maior número possível de atletas da nossa equipe. A intenção é contar com 35 participantes. Assim, quem desejar nos ajudar pode manter contato pelo e-mail [email protected] ou pesquisar meu perfil Pedro Carvalho, no Facebook”, finaliza Pedro Rocha.

APOIO MUNICIPAL

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Itatiaia (SMEL) informou que auxilia os atletas da cidade em relação ao transporte para competições fora do município. A orientação é que os interessados informem a data, horário e o local da competição, diretamente na sede da SMEL para viabilizar a condução. A SMEL está situada na Rua Dona Apolinária, s/nº, Centro, anexo ao Estádio Municipal. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.