Encontro de cristãos e o príncipe saudita Mohammed

0

 

 

No primeiro dia do mês de novembro do ano passado, houve um encontro que podemos dizer: histórico e inusitado. Um grupo de lideranças religiosas evangélicas dos Estados Unidos. Foram recebidos pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed Bin Salman no palácio real em Riade capital da Arábia. Isto mostrou o esforço que o reino mulçumano ultraconservador, está realizando a fim de restaurar a imagem de intolerância religiosa e disparidade dos conflitos por parte dos separatistas fanáticos mulçumanos. Como os lideres das centenas de grupos violentos contra os cristãos em todo o mundo mulçumanos; queimando igrejas matando e torturando os cristãos sem reação alguma por parte deles. Como vimos há pouco tempo atrás, o Estado Islâmico degolando dezenas de cristãos na beira da praia. Que trouxe horror para os cristãos ocidentais. Já é sabido como os árabes odeiam Israel. Eu mesmo quando estive no Oriente Médio vi que em Dubai nos Emirados Árabe por exemplo, num Mapa Mundi não tinha o País de Israel, mas somente o nome da cidade de Jerusalém porque eles não consideram Israel como país. No ano de 1967 reuniram-se milhares de soldados dos exércitos dos países mulçumanos nas colinas de Golan para de uma vez por todas ‘varrerem’ Israel do Mapa.

Mas, por uma providencia divina, Israel os derrotou em seis dias. Por isso se chama: A guerra dos seis dias. No sétimo dia como está na Lei de Moisés, os israelitas descansaram. E os cristãos por causa do judeu Jesus de Nazaré, amam a Israel. Contudo o príncipe da Arábia recebeu este grupo de evangélicos americanos. Temos noticias de como milhares de mulçumanos têm tido sonhos com a Pessoa do Senhor Jesus, e muitos outros têm sido curados milagrosamente só por professar o Nome de Jesus. Também, milhares de Filipinos trabalham nos lares dos ricos árabes e ali comunicam o evangelho de cristo. Para cumprir a palavra do Senhor: Este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro em testemunho a todas as nações e então virá o fim. (Mateus 24.14) Realmente, o evangelho tem sido pregado em todo o mundo trazendo: salvação, libertação, revelação do Deus que criou os céus e a terra. E para isto não existe deus ou entidades religiosas que supere a grandeza de Deus Pai e do Seu Filho Jesus Cristo. Jesus disse: Creiam em Deus, creiam também em mim. Na Casa de meu Pai há muitas moradas, se não fosse assim, eu não vos teria dito. Pois vou preparar lugar para todos vós. (parafraseando). Se você crer e se interessa por essa promessa do Senhor Jesus. Certamente vai procurar se aproximar de Deus através do arrependimento dos seus pecados, buscá-Lo em oração, aceitando a Jesus como seu único e todo suficiente Salvador. Foi assim que começou a igreja em Jerusalém: Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar. E com muitas outras palavras dava testemunho, e os exortava, dizendo: salvai-vos desta geração perversa. (Atos 2.38-40)

 

Pr José Edson Assembleia de Deus

Av. Pres. Kennedy 1502

Barra Mansa – RJ

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !