Em meio à pandemia de Covid-19 festividades e tradições natalinas precisaram ser adaptadas

0

SUL FLUMINENSE

Com a pandemia do novo coronavírus e a chegada do Natal, os eventos e o tradicional encontro do Papai Noel com as crianças, precisaram ser adaptados. Para manter a tradição e evitar a propagação da doença, algumas cidades da região, já estão realizando as iniciativas natalinas, porém, seguindo todas as medidas de restrição.

Devido a pandemia, a forma como um dos principais símbolos do Natal, o Papai Noel, interage com as crianças mudou. A decoração de Natal dos shoppings receberam um elemento diferente, uma placa de acrílico que permite que a criança interaja com o Papai Noel, mas não o toque. De acordo com o coordenador de marketing do shopping Park Sul de Volta Redonda, Rodrigo Mattos, essa foi a forma que a administração encontrou para manter a segurança, mas não deixar de promover esse encontro para os pequenos. “Lamentamos a situação atual, mas é um alento ver que a magia do Natal não mudou. Mesmo não podendo tocar no Papai Noel as crianças interagem com ele, os olhinhos brilham. A foto no porta-retratos desse ano vai ser um pouquinho diferente, mas a alegria e a magia do Natal, é a mesma”, comentou.

Já a decoração natalina do Sider Shopping conta com a “Floresta Encantada”, com o Papai Noel, uma árvore interativa que conversa com os pequenos, um poço para realizar pedidos e um local para tirar foto com os personagens da Floresta. Segundo a coordenadora de Marketing, Patrícia Macedo, o encontro com o Papai Noel também está sendo realizado com a separação do acrílico. “O Papai Noel está separado do trono da criança através de um acrílico. Além de disponibilizarmos álcool gel para higienização das mãos, o distanciamento é promovido na fila e todos precisam estar utilizando a máscara”, informou.

CASA DO PAPAI NOEL

Sobre a tradicional casa do Papai Noel, montada na Praça da Liberdade Dante Santos da Fonseca, no Centro de Barra Mansa, proporcionada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Barra Mansa (CDL), Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços (Aciap) e o Sindicato Comércio Varejista (Sicomércio), o presidente da CDL de Barra Mansa, Leonardo dos Santos, informou que devido a pandemia não será possível realizada a iniciativa neste ano. Porém, visando manter a tradição natalina, será montada uma árvore de Natal de nove metros no local e proporcionadas outras atividades. “Não podemos esquecer que essa pandemia ainda está presente então para mantermos os cuidados e evitar a propagação do vírus, será realizada amanhã uma reunião junto com os outros responsáveis para definir os detalhes das outras iniciativas natalinas na cidade”, disse, acrescentando que foi instalado na Praça Ponce de Leon, conhecida como Praça da Matriz, um presépio onde será realizada a chegada do menino Jesus. “Faremos um Natal de luzes, com o objetivo de trazer mais esperança de que dias melhores virão. Os projetos já estão todos prontos, a instalação dos enfeites e luzes já estão sendo realizadas. Além do presépio na Praça da Matriz, a cidade estará toda iluminada com árvores de seis metros em 3D, espalhadas por alguns pontos”, contou.

error: Conteúdo protegido !