Eletronuclear adota medidas de prevenção ao coronavírus

0
ANGRA DOS REIS
No intuito de preservar a saúde de seus colaboradores e garantir a operação continuada da central nuclear de Angra, a Eletronuclear adotou um protocolo com medidas de prevenção ao coronavírus. A partir dessa semana, as atividades da companhia serão restritas ao essencial, de forma a reduzir a presença de empregados e contratados nas instalações da empresa.
Para isso, será adotado o trabalho remoto sempre que possível. Isso vale, especialmente, para aqueles colaboradores que estejam no grupo de risco estabelecido pelo Ministério da Saúde ou convivam com pessoas que nele se enquadrem. Por essas razões, o Observatório Nuclear – centro de visitação da empresa em Angra dos Reis – será fechado até segunda ordem.
Permanecerão trabalhando na empresa, principalmente, os empregados essenciais ligados à operação de Angra 1 e 2, à manutenção do canteiro de obras de Angra 3 e à implementação da Unidade de Armazenamento Complementar a Seco de Combustível Irradiado (UAS). A instituição do trabalho remoto é também uma forma de proteger esses profissionais.
No momento atual de crise, a Eletronuclear considera fundamental seu papel de manter o fornecimento de energia para o Sistema Interligado Nacional (SIN), dentro dos melhores padrões de segurança e produtividade. Assim, estará contribuindo para a população enfrentar os desafios que se apresentam.
Vale destacar que o protocolo adotado pela Eletronuclear segue as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS). A empresa ressalta que, até o momento, não há nenhum caso confirmado de Covid-19 entre os empregados da companhia.
error: Conteúdo protegido !