Dupla é presa após sequestrar, roubar e tentar matar mulher de PM em Resende

0

RESENDE

Policiais do 37º Batalhão de Polícia Militar (BPM) prenderam na madrugada desta terça-feira, dia 3, dois homens, um de 28 anos e outro de 22 anos. A dupla, acompanhada de outro homem que conseguiu fugir, sequestrou, roubou e ainda tentou matar a esposa de um policial militar. O crime foi descoberto pelo militar. Após saber que a mulher não havia chegado em casa depois de ir à igreja, o policial conseguir localizar os suspeitos com o carro de sua esposa.

Segundo a Polícia Militar, a vítima foi abordada pelo trio, na noite de segunda-feira, dia 2, quando saia de uma igreja no bairro Itapuca, na região da Grande Alegria. Os suspeitos entraram no carro da mulher, um Fiat Ideia, de cor prata e a levaram até um sítio localizado próximo de um cemitério particular no distrito de Bulhões, na zona rural da cidade. Lá, o trio amarrou as mãos, tampou o nariz e a boca da vítima e a deixaram no local. Em seguida, eles fugiram com o carro e o celular da vítima.

Ao chegar em casa, no início da madrugada, o policial, desconfiou da ausência da esposa e após ligar várias vezes para o celular dela, pediu ajuda com a Polícia Militar.

Quando estava indo para o bairro Itapuca, o policial avistou o carro de sua mulher com três suspeitos estacionado próximo a uma rodoviária, no bairro Paraíso. Ele tentou abordar os suspeitos, que correram. Um deles entrou na rodoviária, o outro seguiu para em direção a Via Dutra e o terceiro para a Rua Álvaro Pego de Farias.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito que fugiu pela Via Dutra, colocou a mão por debaixo da blusa fazendo menção de que iria sacar algo, quando o militar disparou um tiro, mas não o acertou. O suspeito foi capturado por outros policiais já na outra margem da Rodovia pres. Dutra sentido Rio. Enquanto que outra guarnição, após ouvir o disparo de arma de fogo, seguiu em direção a entrada do bairro Paraíso e conseguiu deter o outro suspeito, que estava com a chave do veículo da vítima. Já o terceiro suspeito conseguiu fugir tomando sentido ignorado. “Ao serem indagados sobre a vítima, os homens não informaram o paradeiro da esposa do policial. Eles apenas deixaram a entender que estavam na rodoviária na tentativa de fazer saques o cartão de crédito da vítima”, contou um militar.

A dupla foi levada para a 89ª Delegacia de Polícia (DP). No caminho, os policiais receberam a notícia de que a esposa do policial militar foi encontrada na Estrada Surubi X Bulhões. “A vítima relatou que havia sido sequestrada e levada até um sitio próximo a um cemitério em Bulhões, amarrada e amordaçada, porém conseguiu se desvencilhar. Na fuga do cativeiro, ela conseguiu um celular de uma pessoa que passava pelo local e pode fazer ligação para o 190 da Polícia Militar”, contou um policial.

A vítima foi levada para o Hospital municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, no bairro Jardim Jalisco, onde foi atendida no Pronto Socorro.

Os suspeitos foram autuados em flagrante por tentativa de latrocínio, quando após assalto, bandidos tentam matar a vítima. Na Delegacia, os militares também descobriram que o suspeito de 27 anos, têm anotações por diversos crimes, e tinha saído da prisão há apenas 30 dias.

De acordo com o delegado titular, Michel Floroschk, os criminosos obrigaram a vítima a fazer uma transferência de dinheiro por meio de pix para suas contas.

error: Conteúdo protegido !