Disque Denúncia divulga imagem de suspeito de agredir esposa com chicote, em Angra

0

ANGRA DOS REIS

Agentes da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Angra dos Reis estão investigando um caso de violência doméstica denunciado na quarta-feira, dia 13, por parentes de uma vítima nas redes sociais. Segundo o relato de uma parente, a irmã teria sido agredida pelo companheiro com um chicote de fio de luz. O suspeito se encontra foragido e a Deam pede ajuda para localizá-lo. Hoje, o Disque Denúncia divulgou a imagem e o nome do suspeito: Uelington Oliveira.

No relato, a irmã da vítima conta: “Mais uma vez a violência doméstica fez sua vítima e dessa vez atingiu minha querida irmã e seu filho de oito meses. O agressor, hoje foragido, de forma desumana e covarde deu uma surra, com um chicote feito de fio de luz. Isso mesmo, fio de luz! Feito por ele mesmo. Porém, essa não foi a primeira vez”, postou a mulher.

Ela ressaltou em sua publicação que durante 10 anos a irmã é violentada de todas as formas possíveis, sofrendo calada como muitas mulheres nessa situação. “Na gestação. No resguardo. Com o filho em seu colo, ele não importava… E isso precisa ter um basta”, completou.

A mulher contou ainda que hoje a irmã também foge, mas foge da morte. “Pois, após o recente e último ocorrido, mais grave, o qual envolveu seu filho que por força e proteção de minha irmã também não foi chicoteado, seu marido, que sempre a ameaçou de morte, mostrou o quão perto isso estava de acontecer. Não só com ela”, relatou.

O A VOZ DA CIDADE ligou para a equipe da Deam, que confirmou a informação e, também, que o homem está sendo procurado. Eles pedem que quem tenha informação sobre sua localização, ligue para a polícia (190) ou para a delegacia da mulher (24) 3377-3315.

DISQUE DENÚNCIA DIVULGA FOTO DO SUSPEITO

Contra ele há um mandado de prisão e, segundo a delegada, ele encontra-se foragido – Foto: Redes Sociais


Na tarde de hoje, o Disque Denúncia (0300 253 1177) lançou o cartaz de “Procurados” com o objetivo de auxiliar a Deam de Angra dos Reis a identificar o paradeiro de Uelinton Oliveira.

De acordo com a delegada Vanessa Martins, titular da Deam, ele é acusado de ter agredido a esposa. Contra Uelinton há um mandado de prisão expedido e segundo a delegada, ele encontra-se foragido. “Eles são casados há 10 anos e segundo parentes da vítima, o filho do casal, de apenas oito meses de idade, estaria no colo da mulher no momento em que foi agredida”, confirmou o Disque Denúncia.

Quem tiver informações sobre a localização de Uelinton Oliveira pode entrar em contato com o Disque Denúncia, através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante. Todas as informações serão encaminhadas à Deam de Angra dos Reis, responsável pelas investigações.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !