Diretoria do Voltaço segue reforçando elenco para disputa da Série C

0

VOLTA REDONDA
No decorrer da última semana, a diretoria do Volta Redonda confirmou mais duas contratações visando à disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. O primeiro reforço anunciado foi à contratação do lateral-direito Gedeílson, de 26 anos, que chega o Tricolor de Aço com contrato até o final da Série C de 2019. O atleta revelado pelo Bangu acumula passagens por Ipatinga-MG, América-MG, Bragantino-SP, Tombense-MG, Macaé-RJ, Sampaio Corrêa-MA, Cuiabá-MT, Botafogo-PB, e Linense-SP, último clube antes de assinar com o Voltaço. Na apresentação, o atleta disse que chegou para deixar seu nome na história do clube. “Chego ao Volta Redonda para fazer história! O Voltaço é um clube muito organizado, tem uma grande estrutura, tenho muitos amigos aqui e estou me sentindo em casa. Chego para somar com o grupo e espero que possamos fazer um grande Campeonato Brasileiro, levando o Volta Redonda para a Série B”, comentou o atleta.
O gerente de futebol Leonardo Dinelli, o Zada, destacou que, com a chegada do Gedeílson, o elenco tricolor ganha na parte técnica e na experiência. “A Série C é uma competição difícil e é preciso montar uma equipe cascuda, acostumada a jogar grandes competições. O Gedeílson jogou a Série C em diversas oportunidades, é um lateral de muita qualidade, veloz e com muita força. É uma grande contratação e o nosso plantel ganha muito com a sua chegada” afirmou Zada.
O segundo reforço anunciado pela diretoria do Esquadrão de Aço é o meia paraguaio, Echeverría, que também assinou vinculo com o clube até o fim do ano, já está integrado ao elenco do Voltaço e iniciou os treinamentos. Ele comentou sobre sua chegada a cidade de Volta Redonda e sobre o que espera para a temporada. “O que me motivou a vir para o Volta Redonda é a estrutura que o clube tem e a seriedade que a diretoria trabalha. É uma satisfação enorme vestir a camisa do Voltaço e agora é trabalhar duro, entrar com foco total na Série C e conquistar o acesso”, destacou atleta que no Paraguai já defendeu o Silvio Pettirossi, clube que o revelou, o Sportivo Carapeguá, o Olímpia, Rubio Ñu e Resistência SC. O meia também teve passagem pelo futebol equatoriano, quando jogou pela LDU e pelo Manta FC. Já no Brasil, o novo reforço tricolor atuou por duas temporadas pelo ABC, uma pelo CSA-AL e estava no Remo, último clube antes de acertar a transferência para o Voltaço.
O vice-presidente do Voltaço, Flávio Horta Júnior, destacou a qualidade técnica e a garra e o forte currículo do paraguaio Echeverría. “É um atleta que está há dois anos jogando a Série B do Campeonato Brasileiro, foi vice-campeão ano passado pelo CSA, tem dois acessos no currículo, um para a Série A e outro para Série B. Enfim, é um jogador experiente, com características diferentes, tem uma boa finalização de média distância e, ainda, uma bola parada muito forte. Enfim, o Echeverría é uma grande contratação e chega para somar e elevar a qualidade técnica do nosso elenco”, afirmou o vice-presidente.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !