Diretoria do PDT tem a frente filho de Juarez Antunes

0

VOLTA REDONDA
Uma nova diretoria está a frente do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Volta Redonda desde o início deste mês. Eles estão com objetivo de implementar uma política de diálogo na cidade. A presidência é de Gerson Antunes, filho do ex-prefeito Juarez Antunes. A diretoria é composta por membros que atuam no partido há mais de duas décadas. Wellington Fragoso é o vice-presidente; Orlando Zamboti, secretário; José Pereira, tesoureiro; Alam Ribeiro, 1º vice-presidente; Jussara Ferreira, 2ª vice-presidente e Vivian Silva de Oliveira, vogal.
“Queremos mostrar como se faz política de verdade, de união com o povo. A cidade precisa dar voz ativa às associações, entidades, à população, voltar à política de base. Cada dia a gente percebe maior o descaso político com a população e suas necessidades”, afirma Gerson, que iniciou a militância política ao lado do pai.
Buscando a participação popular, uma das primeiras ações da nova diretoria do partido é a reabertura da Fundação Leonel Brizola na cidade. A fundação tem como  base o desenvolvimento da Educação, por meio de cursos livres, canal de televisão e universidade. Toda essa estrutura, o presidente garante implantar em Volta Redonda, o mais breve possível. Ainda buscando ouvir a população, o PDT realizará, antes das eleições municipais, juntamente com o PSB, um seminário, provavelmente virtual em razão da pandemia da Covid-19, para compreender as necessidades da cidade e apresentar soluções para Volta Redonda.
Segundo o presidente, o PDT nacional vê o diretório de Volta Redonda como estratégico para a mudança no país. Para isso, a intenção do partido é lançar candidatura própria para as eleições municipais. “Estamos conversando com os partidos que compõem a aliança nacional com o PDT, para lançar nossa própria candidatura a prefeito, com foco em Educação e Empregabilidade. A cidade precisa avançar, ouvindo a população e dando oportunidades de desenvolvimento”, confirma Gerson sem falar de nomes.
Além de prefeito de Volta Redonda, o pai de Gerson Antunes foi metalúrgico e sindicalista. Ele participa da vida política da cidade desde que tinha 12 anos, dois anos após a morte de seu pai. Juarez Antunes fez história no país ao liderar a greve da CSN, tornando-se deputado constituinte e elegendo-se prefeito de Volta Redonda. Meses após sua posse, morreu em um acidente de trânsito, dirigindo-se a Brasília, para devolver seu apartamento funcional.
Gerson virou um ativista político. Aos 12 anos participou do movimento contra a privatização da CSN. Desde então, atua junto ao Partido Democrático Trabalhista em âmbito municipal, estadual e nacional. Atualmente, é o vereador suplente pelo partido, em Volta Redonda.

 

error: Conteúdo protegido !